5 clubes que mudaram seus escudos no século XXI

Confira curiosidades envolvendo os emblemas ingleses

clubes que mudaram seus escudos

Na última semana, o Athletico Paranaense anunciou a mudança completa do seu escudo, além da grafia do nome. Aproveitando a ocasião, selecionamos alguns clubes que mudaram seus escudos seu visual no século XXI. 

5 clubes que mudaram seus escudos no século XXI

Arsenal

Você pode não lembrar, mas o Arsenal foi o primeiro grande clube inglês a mudar seu escudo no século XXI. Adotando um novo design, os Gunners não apenas inverteram o canhão de lado, como também removeram o excesso e o típico lema da equipe na temporada 2001/2002. 

Segundo o site oficial do clube conta, além da necessidade de se apontar para o futuro, o fato do escudo antigo com o lema Victoria Concordia Crescit (que em tradução livre significa: a vitória cresce com a harmonia) não poder ser registrado também auxiliou na mudança. 

 

A famosa filosofia de jogo de Pep Guardiola

 

Chelsea

O segundo clube foi o Chelsea. Já na gestão Abramovich, os Blues mantiveram as origens, mas optaram por um escudo muito mais atrativo no ano de seu centenário. De 2005, ano da mudança, até aqui, o clube já viveu os melhores momentos da sua história. 

Assim como o Arsenal, a mudança preservou o ponto central do escudo, no caso do Chelsea, o leão, dando apenas um novo visual ao animal.

O novo emblema dos azuis de Londres não deixou muitos órfãos do modelo antigo e não recebeu muitas críticas.

Tottenham

Seguindo a linhagem dos clubes londrinos, o Tottenham mudou seu escudo no início do ano de 2006. A ideia, segundo o clube, era apontar para o futuro, mas sem esquecer o passado. O discurso, você já deve ter percebido, é sempre o mesmo.

A mudança foi muito simples e deu mais clareza ao emblema. O personagem principal do escudo, mais uma vez, foi mantido. Já os aspectos secundários foram retirados, valorizando a criação de uma logo forte para uma marca forte. 

Manchester City 

Motivado pelo ótimo momento recente vivido após o investimento estrangeiro, o City resolveu repaginar o seu escudo em 2016. A mudança, no entanto, remete ao emblema utilizado entre 1972 e 1997, com algumas pequenas modificações.

A águia não está mais presente, mas o elemento principal, o navio, está. Essa é a típica modernização feita pelos clubes, mantendo a história e unindo-a com traços de modernidade, típica mudança comercial. 

Leia nossa entrevista com Edu Gaspar: como o meia superou dramas para vencer no Arsenal

West Ham

Assim como o Manchester City, o West Ham também mudou seu escudo no ano de 2016. As mudanças são um pouco mais sutis do que a feita pelos citizens.

Apesar da remoção do castelo, os martelos cruzados seguiram tendo destaque. As cores são as mesmas e foi adicionado ao rodapé do escudo o nome da cidade, em referência, segundo o próprio site do clube, ao Estádio Olímpico de Londres, casa do West Ham desde 2016.

Outros

Além dos cinco citados acima, outros clubes também mudaram seu escudo como Queens Park Rangers e Cardiff. No entanto, nenhum deles chamou tanta atenção quanto o Leeds com sua tentativa de mudança.

A equipe, mais que tradicional, levou ao seu torcedor um novo conceito, buscando representar um novo momento do clube. O resultado final não é feio, mas não passou pelo crivo de sua apaixonada torcida e foi descartado mesmo após ter sido anunciado. 

 

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • Dezin Pergunta #01 – Recordes da Premier League

 Dos clubes que mudaram seus escudos no século XXI, qual teve a melhor alteração?