Clubes investem mais de £1 bilhão na janela de transferências

Para a consultoria Deloitte, novo acordo dos direitos de transmissão teve impacto direto no investimento recorde dos clubes

0
203
Clubes investem mais de £1 bilhão na janela de transferências
Moussa Sissoko, Jack Wilshere e David Luiz foram alguns destaques do último da janela de transferências (Foto/Arte: Sky Sports)

Moussa Sissoko, Jack Wilshere e David Luiz foram alguns destaques do último da janela de transferências (Foto/Arte: Sky Sports)
Moussa Sissoko, Jack Wilshere e David Luiz foram alguns destaques do último da janela de transferências (Foto/Arte: Sky Sports)

POR BBC SPORT (para ver a reportagem original, em inglês, clique aqui)

Após investirem mais de £155 milhões no último dia da janela de transferências na quarta-feira (31), os clubes da Premier League atingiram a histórica marca de £1.165 bilhão investidos em contratações na janela de verão 2016/17. Antes mesmo do Transfer Deadline Day começar pra valer, o investimento já havia superado a marca de £1 bilhãoTreze clubes quebraram, nesta janela, seus recordes de valores gastos em contratações.

Para a consultoria Deloitte, as cifras históricas tem um forte respaldo: o novo acordo dos direitos de transmissão, que chegou ao patamar de £5.136 bilhões e que passou a valer a partir desta temporada. O acordo atual, válido para o triênio 2016-2019, superou em £2 bilhões o acordo de 2013-2016.

“O aumento das receitas com os direitos de transmissão, sendo 2016/17 a primeira temporada do novo ciclo, é o principal responsável por este poder de compra”, disse Dan Jones, da Deloitte.

Gráfico ilustra o crescimento do investimento nas últimas 10 janelas de transferências (de janeiro e verão) - Arte: BBC Sport
Gráfico ilustra o crescimento do investimento nas últimas 10 janelas de transferências (de janeiro e verão) – Arte: BBC Sport
Outros pontos destacados pela Deloitte
  • Cada clube da Premier League gastou, em média, £60m na janela de transferências do verão europeu de 2016;
  • Os £155m investidos no último da janela superaram o antigo recorde de £140m estabelecido em 2013;
  • Os quatro clubes da Premier League competindo nesta edição da Liga dos Campeões – Leicester City, Arsenal, Tottenham Hotspur e Manchester City – investiram £385m em contratações, praticamente um terço do total gasto nesta janela;
  • Desde que a implementação da janela de transferências, o total gasto em contratações é de £8.6 bilhões, sendo que mais 80% foram investidos na janela de verão europeu.
Maiores contratações da janela de transferências do verão europeu 2016 - Arte: BBC Sport
Maiores contratações da janela de transferências do verão europeu 2016 – Arte: BBC Sport

Os dois clubes de Manchester gastaram mais de £150m cada nesta janela. O Manchester United, sob o comando do novo técnico José Mourinho, deixou sua marca com a maior contratação da história do futebol com a chegada de Paul Pogba por £89m. O clube também contratou o zagueiro Eric Bailly e o meia Henrikh Mkhitaryan por £30m cada.

Já os Citzens, pensando no futuro, pagaram alto por grandes promessas do futebol mundial, seduzidas pela possibilidade de trabalhar com o técnico Pep Guardiola: o clube desembolsou £37m pelo meia Leroy Sané e £47.5m pelo zagueiro John Stones. Na América do Sul, o clube fechou as contratações de Gabriel Jesus e Marlos Moreno, embora não conte com eles imediatamente. Por outro lado, o clube abriu mão do goleiro Joe Hart, que foi emprestado ao Torino.

Depois de decepcionar na última temporada, Roman Abramovich foi generoso com o novo técnico Antonio Conte, investindo £120m. Apesar do surpreendente retorno do zagueiro David Luiz por £34m, o clube venceu a disputa por jogadores muito disputados no mercado: o volante N'Golo Kanté (£30m) e o atacante Michy Batshuayi (£33m).

Clubes da Premier League gastaram quase o dobro dos da Serie A, segundo no ranking dos campeonatos que mais investiram em reforços - Arte: BBC Sport
Clubes da Premier League gastaram (£1.165bn) quase o dobro dos da Serie A (£590m), segundo no ranking dos campeonatos que mais investiram em reforços nesta janela de transferências – Arte: BBC Sport

A curiosidade por parte dos Blues é a extensiva lista de jogadores emprestados: 38, cinco a mais do que na janela da temporada passada. Entre os emprestados dos londrinos, destaca-se o winger Juan Cuadrado, que foi para Juventus num bizarro acordo de empréstimo por três temporadas.

O brasileiro Lucas Piazón, aos 22 anos, foi emprestado pela quinta vez, agora passando a defender o Fulham.

Até o Arsenal, conhecido pela sua cautela na janela, chegou próximo dos £100m em contratações. Granit Xhaka e Shkodran Mustafi custaram mais de £30m, algo incomum nos reforços trazidos por Arsène Wenger em outras janelas.

Por outro lado, chamou atenção o empréstimo do volante Jack Wilshere, com mais de 100 aparições pelos Gunners, ao Bournemouth.

Clubes que quebraram o próprio recorde nesta janela
  • Manchester United: Paul Pogba (£89m);
  • Liverpool: Sadio Mané (£34m, podendo chegar a £36m);
  • Crystal Palace: Christian Benteke (£32m);
  • West Ham United: Andre Ayew (£20.5m);
  • Leicester City: Islam Slimani (£29m);
  • Southampton: Sofiane Boufal (£16m);
  • Swansea City: Borja Bastón (£15.5m);
  • Bournemouth: Jordon Ibe (£15m);
  • Sunderland: Didier Ndong (£13.6m);
  • Hull City: Ryan Mason (£13m);
  • West Bromwich Albion: Nacer Chadli (£13m);
  • Watford: Robero Maxi Pereyra (£13m);
  • Burnley: Jeff Hendrick (£10.5m).

Não há posts para exibir