Claudio Ranieri não é mais treinador do Watford

Claudio Ranieri não é mais treinador do Watford
Foto: Divulgação/Watford

Apenas três meses depois de sua contratação, o Watford anunciou nessa segunda-feira (24), a demissão do italiano Claudio Ranieri. Dessa forma, os Hornets já buscam novos nomes, após a 2ª demissão de treinador do clube na temporada.

Após três meses, Claudio Ranieri é demitido do Watford

Conforme o jornalista Adam Leventhal, pelo The Athletic, o clube já busca outras opções para assumir a equipe. Enfim, após a derrota por 3 x 0 frente ao Norwich, no último final de semana no Vicarage Road, veio a ser a última partida partida do italiano no clube. Dessa forma, com a derrota para um dos rivais na luta contra o rebaixamento, os Hornets terminaram a 23ª rodada com apenas 14 pontos, na 19ª posição.

Com isso, o Watford já procura novos nomes para assumir a equipe, para tentar se salvar do rebaixamento. Dessa forma, o clube busca o 3º treinador diferente apenas nessa temporada. A saber, Xisto Munoz foi demitido e Claudio Ranieri assumiu a equipe em seu lugar.

De antemão, com o treinador italiano, os Hornets fizeram apenas 14 partidas, em três meses. Assim, venceram dois jogos, empataram um e perderam 11. A saber, o Watford venceu o Everton e o Manchester United, ambos com placares elásticos, por 5 x 2 e 4 x 1, respectivamente.

Alguns dias atrás, Claudio deixou o perfil pacífico e disparou contra alguns de seus atletas, sem revelar nomes, claro. Irritado com o desempenho fraco de sua equipe contra o Norwich, o comandante italiano fez um desabafo em entrevista à BBC.

Acredito na minha reação e na dos meus jogadores. Não é possível continuar nesta situação, pois assim iremos direto para a Championship. Quero meus atletas com alma e mentalidade coletiva nesse momento. Falo todo dia com a diretoria e estamos juntos nessa. Acredito nos jogadores, mas apenas naqueles que querem acreditar na salvação também. Quem não quer, pode ir para casa”

Por fim, o italiano deixa o comando de mais um clube inglês em sua carreira, tendo treinado Chelsea, Fulham e Leicester. Nos Foxes, inclusive, venceu a Premier League na temporada 2015/16, de forma magnifica. Contudo, dessa vez, não teve milagre para salvar o seu cargo.