City impediu Zinchenko de ir à guerra

City impediu Zinchenko de ir à guerra

Em suma, o lateral-esquerdo ucraniano Zinchenko, por pouco, não deixou o Manchester City. O jogador se colocou à disposição do exército de seu país para lutar na guerra contra a Rússia. O incidente pessoal se deu por que o jovem, de 25 anos, viu familiares perderem suas casas, em um bombardeio russo.

A tia de Zinchenko teve de fugir, pois a cidade dela virou uma zona de confronto armado. Decerto, outros familiares do jogador, além do Manchester e amigos jogadores, tiveram de segurar o lateral na Inglaterra.

Desde o início da guerra, Zinchenko é um porta voz da Ucrânia, dando declarações emocionadas e pedindo o fim da batalha. O lateral também é um dos maiores ucranianos doadores de dinheiro e mantimentos básicos para seu povo. Neste domingo (5), o jogador estará em campo pela sua seleção, para decidir uma vaga na Copa do Mundo. O rival é o País de Gales.

Foto destaque: Reprodução/MCFC