Agüero diz por que City caiu para o Chelsea na última final de Champions League

5 minutos de leitura

Antes do Manchester City enfrentar a Inter de Milão na final da Champions League neste sábado (10), o ídolo dos Citizens, Sergio Agüero refletiu sobre a final que perdeu há dois anos contra o Chelsea. O técnico do time inglês, Pep Guardiola, foi criticado após o jogo pela decisão de não começar a partida com Rodri e Fernadinho, dupla de mais que atuou durante toda a temporada.

City derrotado na última final da Champions

Agüero disse que Guardiola percebeu seu erro logo no início do jogo e que corrigiu o erro. Mas já era tarde para o City, pois o Chelsea acabou vencendo o duelo pelo placar mínimo, com gol do meia-atacante Kai Harvertz.

— Pep é muito claro sobre o que quer e nisso ele é consistente, algo que tem mérito porque significa que ele acredita no que faz. Não entramos em campo com o meio-campista de sempre, mas depois Pep fez os ajustes e entramos no jogo. Mas não conseguimos quebrar a defesa do Chelsea e infelizmente não conseguimos vencer a Champions League — disse Agüero ao “Stake.com”.

O atacante argentino não foi titular na final. Guardiola preferiu começar a partida sem um homem de referência no ataque. Depois, no segundo tempo, chegou a colocar Gabriel Jesus e Agüero, mas já era tarde demais para o City.

— Eu não tinha sido titular, então sair do banco não foi uma surpresa. Meus colegas estavam muito bem. Claro, gostaria de poder ajudar mais o time e encerrar meu ciclo no clube com um meta mais cumprida e importante — continuou ex-atacante do City.

Para o maior artilheiro da história do Manchester City, ainda que os Citizens estivessem entusiasmados para vencer a primeira Champions League, o título “não era para ser” naquela oportunidade.

— Eles conseguiram marcar um gol e foi difícil para nós converter. Resumindo, é futebol. E essas coisas acontecem. Claro que teríamos gostado de outro resultado. Foi uma decepção, mas tenho certeza que soma como experiência e que será útil para tudo que está por vir — disse Agüero.

Olhando para a decisão de logo mais, contra a Inter de Milão, no Atatürk Olympic Stadium, em Istambul, na Turquia, Agüero não espera que Guardiola repetirá o erro de mudar o time base que utilizou durante toda a temporada.

— Acho que a formação que ele vem colocando em campo não vai mudar. Será necessário ver como os jogadores chegam nesse dia, se algum tem problemas físicos. Mas pelo que vi, nos eventos mais importantes, Pep fez um onze semelhante. Com três zagueiros centrais, Stones se juntando ao meio-campo perto de Rodri, com Gundo e Kevin subindo e descendo na frente de ataque, Bernardo e Grealish aberto nas laterais e Haaland como centroavante — finalizou o ex-jogador.

Man City
10/06/23 - 16:00

Finalizado

1

-

0

Inter Milan

Man City - Inter Milan

UEFA Liga dos Campeões - Atatürk Olympic Stadium

1° Turno

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.