Chelsea x Eintracht Frankfurt: analisamos o confronto das semis da Europa League

Blues têm pequena vantagem, mas não terão vida fácil no duelo

0
229
Chelsea x Eintracht Frankfurt: analisamos o confronto das semis da Europa League

O Chelsea pode estar próximo de mais um título europeu e terá pela frente o bom time do Eintracht Frankfurt, pela semifinal da Europa League.

Para chegar entre os quatro melhores da competição, os Blues eliminaram o Slavia Praga nas quartas de final, com placar agregado de 5 a 3, vencendo longe de Londres por 1 a 0 e dentro de Stamford Bridge por 4 a 3.

Leia mais: Leeds e Galatasaray: uma intensa e violenta rivalidade

Foto: Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images

Enquanto os alemães eliminaram o tradicional Benfica, pelo critério de gols marcados na casa do adversário e em confronto que ficou marcado por gol irregular, já que a competição ainda não conta com o árbitro de vídeo em todas as suas fases, que certamente anularia o tento.

O campeonato pode ser a salvação da temporada da equipe londrina, que ainda corre o risco de não ficar entre os quatro da Premier League, ou seja, só alcançaria a classificação para a Uefa Champions League da próxima temporada a partir do título.

Sob o comando de Sarri, o Chelsea teve um 2018/19 inconstante, com altos e baixos, mas o desempenho na Europa League chama a atenção, apesar do baixo nível de alguns adversários. Na UEL, o time está invicto, tendo conquistado onze vitórias em doze jogos disputados.

Nos corredores de Stamford Bridge espera-se que o craque Eden Hazard seja decisivo e leve o time inglês à final e ao título, nesta temporada que pode ser a última do belga vestindo azul, frente ao conhecido interesse do Real Madrid no camisa 10 dos Blues, que vem tendo mais uma grande temporada.

Outra peça que vem sendo importante na disputa da Uefa Europa League é o francês Olivier Giroud, reserva de Higuaín nas partidas da Premier League, mas titular no torneio europeu. O camisa 18 é o artilheiro da UEL com dez gols marcados.

Leia mais: Blackpool: da elite ao calvário dos problemas judiciais e a queda para a 4ª

Giroud é o artilheiro da UEL (Foto: Dan Mullan/Getty Images)

Callum Hudson-Odoi vinha tendo uma boa sequência na Europa League, atuando bem e indo às redes. Porém, infelizmente, a evolução da jovem promessa inglesa terá de ser interrompido temporariamente devido à grave lesão no tendão de Aquiles.

Sarri deve escalar o time dessa forma: Kepa; Azpilicueta, Christensen, David Luiz e Emerson Palmieri; Jorginho, Kanté e Loftus-Cheek; Pedro, Hazard e Giroud.

Porém, como já dito anteriormente, o confronto com a equipe alemão será o mais complicado da trajetória dos Blues na competição. O Eintracht ocupa atualmente a quarta colocação da Bundesliga, atrás de Bayern de Munique, Borussia Dortmund e Red Bull Leipzig, e tem como principais destaques Luka Jović, Sébastien Haller, Mijat Gaćinović e Filip Kostić.

Os ic são peças mais que fundamentais ao time alemão (Foto: Bundesliga)

O time-base de Adi Hütter é o seguinte: Kevin Trapp; Abraham, Hasebe, Hinteregger; Danny da Costa, Gelson Fernandes, Rode, Kostic; Gacinovic, Jovic, Haller. Entretanto, Haller não deve atuar e deverá ser substituído por Rebic ou Paciência.

Esperam-se dois bons jogos desse duelo. Poderemos ver momentos de um jogo de proposição contra outro mais reativo, com ambos os times podendo desempenhar um jogo mais propositivo ou mais reativo, devido a qualidade das equipes.

O Chelsea é favorito, mas a equipe treinada por Adi Hütter tem chances de surpreenderem os londrinos e chegarem à final.

(Foto: Alex Grimm/Getty Images)