Chelsea oferece ‘troca ousada’ para ter novo goleiro titular

5 minutos de leitura

O Chelsea tem se movimentado no mercado em busca de um novo goleiro titular para a temporada 2023/24.

Agora sob o comando do treinador Mauricio Pochettino, o clube inglês está disposto a acabar com a indefinição na sua meta. Na temporada 2023/24, Edouard Mendy começou como titular, mas perdeu espaço após 10 jogos na Premier League com a saída do treinador Thomas Tuchel.

Depois, com Graham Potter e Frank Lampard, Kepa Arrizabalaga assumiu a titularidade e fechou a temporada com 39 partidas. Mesmo assim, o espanhol, que custou 72 milhões de libras em 2018, também ainda não convenceu os torcedores em Stamford Bridge.

Não é à toa que o Chelsea terminou apenas em 12º lugar na Premier League, sua pior colocação desde 1996, com 47 gols sofridos em 38 jogos. De certa forma, a instabilidade na meta azul simbolizou toda a temporada dos londrinos, marcada por trocas de treinadores, chegada do novo dono e milhões de euros gastos num elenco que se tornou excessivamente grande.

Para consertar o problema, o Chelsea de Pochettino mira em um novo titular incontestável. O escolhido é o ganês Andre Onana, da Inter de Milão, que acabou de ser vice-campeão da Champions League.

Concretizar o negócio virou um objetivo tão grande de Pochettino que ele estaria disposto a uma troca ousada para fazê-lo acontecer. O Chelsea poderia ceder Lukaku em definitivo (atualmente, o belga está emprestado à Inter) e ainda mandar o zagueiro Koulibaly para ficar com Onana.

Lukaku foi comprado pelo Chelsea em 2021, mas não se adaptou de volta à Inglaterra. Embora tenha terminado a temporada como reserva, ele já declarou que prefere ficar na Itália do que voltar a Londres. Já Koulibaly chegou ao Chelsea na atual temporada depois de anos de sucesso no Napoli e pode voltar à Serie A sem deixar muitas saudades na Premier League.

Onana, por sua vez, tem 27 anos e também jogou a primeira temporada na Inter, já de cara desbancando o veterano Handanovic. Ele foi revelado pelo Ajax e também foi finalista da Champions com os holandeses, que eliminaram o Tottenham de Pochettino na semifinal da edição 2018/19. Onana ainda se aposentou da seleção ganesa após ser boicotado durante a Copa do Mundo de 2022.

Onana na Champions League 2022/23

  • 8 partidas sem tomar gol – 1º do torneio
  • 6,8 gols prevenidos – 1º do torneio
  • 81% dos chutes defendidos – 2º do torneio

O Chelsea não é o único interessado em Onana, segundo acrescentou o “Telegraph”. Ainda sem ter acertado a renovação com De Gea, o Manchester United também tem o ganês como um dos alvos — e ainda o triunfo de ter Erik Ten Hag como treinador, que trabalhou com Onana no Ajax.

Mike Maignan, goleiro do Milan, também foi reportado pela imprensa inglesa como um alvo de Chelsea e United.

Inter de Milão já definiu substituto

Do outro lado, a Inter já se prepara para perder seu goleiro titular após uma temporada. Os italianos miram Guglielmo Vicario, titular do Empoli, como reforço para a meta nerazzurra.

Vicario tem 26 anos e foi o quinto goleiro da liga italiana com maior porcentagem de chutes defendidos, atrás apenas de Provedel (Lazio), Szczesny (Juventus), Meret (Napoli) e Onana. Também foi o terceiro que mais evitou gols (2,1) e o oitavo com maior número de defesas (3,1 por jogo). O Empoli terminou em 14º lugar.

A reformulação do Chelsea

A troca de goleiros deve ser apenas uma das mudanças pelas quais o Chelsea vai passar antes da temporada 2023/24. Tanto Kepa quanto Mendy têm contrato até 2025, mas ambos devem ser negociados — especialmente se confirmada a chegada de um novo arqueiro.

Além deles, João Felix deve voltar ao Atlético de Madrid; Kanté deve ir para a Arábia Saudita; Mason Mount está de saída para o Manchester United e Havertz é desejo do Real Madrid.

São mudanças necessárias no clube que, recentemente, chamou a atenção pelos próprios jogadores terem dito que o vestiário de Stamford Bridge não suporta o tamanho do elenco. Só na temporada 2022/23, foram mais de 600 milhões de euros gastos em 16 reforços.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]