Chelsea tem nova movimentação no mercado que pode afetar de vez futuro de Andrey Santos

4 minutos de leitura

Depois de reintegrar três atletas, o Chelsea encaminha o retorno precoce de um quarto jogador emprestado ainda na janela de inverno europeu. A decisão pode afetar diretamente o brasileiro Andrey Santos, visto que a situação do jogador está indefinida nos Blues, mas o acordo pode ampliar as possibilidades.

Nas últimas semanas, o Chelsea já havia confirmado o retorno de Andrey e do italiano Cesare Casadei, que estava no Leicester, sendo reintegrados ao elenco dos Blues. Além dos dois atletas, David Fofana também viu o contrato com o Union Berlin ser encerrado precocemente, mas o jogador voltou a ser emprestado, dessa vez para o Burnley.

Segundo o jornalista francês Fabrice Hawkins, da “RMC Sports”, o Lyon pretende encerrar o empréstimo do português Diego Moreira, que pertence ao Chelsea. O atacante não participou dos treinamentos neste domingo (21) e viaja para Londres nas próximas horas. Além disso, os franceses estão negociando a contratação de Arnaut Danjuma, que atualmente está no Everton.

As regras da Fifa afirmam que apenas oito atletas podem ser emprestados para o exterior. A exceção são jogadores formados nas categorias de base de clube de até 21 anos.

Com o retorno de Moreira, o Chelsea pode emprestar mais um jogador para clubes de fora da Inglaterra. Dessa forma, existe a possibilidade de Andrey Santos ser negociado para um clube do exterior ainda na janela de janeiro.

Diego Moreira
Foto: Divulgação/Chelsea

Futuro de Andrey Santos no Chelsea está indefinido

Andrey Santos foi reintegrado ao Chelsea após a discreta passagem pelo Nottingham Forest e está servindo a seleção brasileira na disputa do Pré-Olímpico, que começa neste domingo. O ex-Vasco encontrou dificuldades para ganhar oportunidades na equipe e jogou apenas duas partidas pelo Forest na temporada.

Atualmente, o meio-campo dos Blues é formado por Caicedo, Enzo Fernández e Gallagher, e conta com outras opções como o próprio Andrey, Casadei, Lavia, Chukwuemeka e Ugochukwu. Andrey enfrenta corte concorrência no setor e a tendência é que seja emprestado novamente.

O jogador afirmou em entrevista ao site “ge” que irá definir o futuro após o Pré-Olímpico, mas o último compromisso do Brasil na fase de grupos será no dia 1º de fevereiro contra a Venezuela, quando a janela da transferências já estiver encerrada.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.