Chelsea e Premier League condenam ataques preconceituosos em jogo

1 minuto de leitura

O Molineux Stadium foi palco de gritos preconceituosos neste sábado (8), durante o jogo entre Wolverhampton e Chelsea, pela Premier League.

Parte da torcida mandante entoou cânticos homofóbicos em alguns momentos do jogo. O clube londrino e a liga se posicionaram nas redes sociais, repudiando o ato de parte dos torcedores.

Os cânticos partiram da torcida do Wolverhampton. Mesmo após aviso do locutor do estádio, no segundo tempo, de que o ato poderia resultar em graves punições, como expulsão dos praticantes, os xingamentos seguiram. Após o jogo, que terminou 1 a 0 para os Wolves, três prisões foram efetuadas. O Chelsea publicou em seu site uma nota criticando os cânticos homofóbicos.

A Premier League também não se calou e, através do Twitter, repudiou os atos. A liga ainda deixou claro que o futebol é um ambiente aberto para todas as pessoas. O Wolverhampton não se manifestou em seus perfis, mas através de um porta-voz, condenou o acontecido e disse que cânticos dessa natureza não são tolerados no Molineux Stadium.

Leia mais:

‘Provei que estavam errados’: Willian faz desabafo sobre volta à Premier League

Premier League contra a homofobia

Nas últimas temporadas, a Premier League lançou a campanha “Rainbow Laces (Cadarços de Arco-Íris)”, que visa mobilizar o público contra o preconceito e tornar o futebol um ambiente mais seguro e receptivo para as pessoas da comunidade LGBTQIAP+. Na atual temporada, em jogos ocorridos entre 22 e 30 de outubro, a liga colocou símbolos da diversidade em bandeirinhas de escanteio, placas, bandeiras, além de braçadeiras de capitão e cadarços.

As mídias da Premier League também estiveram voltadas a promover a diversidade e afastar quaisquer tipos de preconceito. Os clubes foram encarregados de realizarem trabalhos de apoio aos grupos vítimas de discriminação.

Chelsea e Premier League condenam ataques preconceituosos em jogo
A campanha “Cadarços de Arco-Íris” – Foto: Premier League
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.