Chelsea: de saída, Mount está entre 3 clubes da Premier League

2 minutos de leitura

Mason Mount é um dos protagonistas do noticiário da Inglaterra nos últimos meses. A renovação com o Chelsea a essa altura é improvável, segundo divulgam diversos veículos do país. Com isso, o interesse no meio-campista da seleção inglesa é enorme. Entre os clubes da Premier League, o Liverpool esteve cotado para levar o jogador nos últimos meses. No entanto, segundo o “The Athletic”, o Arsenal também quer o jogador.

O sonho do Arsenal de conquistar a Premier League acabou com a derrota para o Nottingham Forest no último sábado (20). O resultado garantiu o terceiro título inglês de forma consecutiva para o Manchester City. Com isso, os Gunners anteciparam a movimentação na janela de transferências para fortalecer o elenco na busca por uma grande conquista na próxima temporada.

A prioridade do clube no momento é reforçar o meio de campo. O principal alvo do Arsenal é o capitão do West Ham, Declan Rice, que está prestes a entrar em seu último ano de contrato, tendo a opção de prorrogação por mais 12 meses. No entanto, os Gunners esbarram numa grande concorrência pelo meia, que conta com Chelsea, Manchester United e Manchester City. A imprensa inglesa cogita que, para tirar o jogador do time do leste de Londres, será preciso desembolsar aproximadamente 100 milhões de libras (R$ 616,36 milhões).

Mason Mount na mira do Arsenal

No entanto, de acordo com o “The Athletic”, o Arsenal também que aumentar a qualidade do meio de campo em uma posição mais avançada e busca Mason Mount, do Chelsea, embora também haja forte concorrência de Liverpool e Manchester United pelo jogador. Além disso, os Blues farão a última tentativa de estender o contrato com o jogador, que expira em 2024.

Outro jogador que está na mira do Arsenal é İlkay Gündoğan, que possui contrato com o Manchester City até o final do próximo mês. O meia alemão, no entanto, também atrai um forte interesse do Barcelona. O técnico dos Gunners, Mikel Arteta, conhece bem o jogador de 32 anos, tendo trabalhado junto nos Citizens, ainda quando o comandante espanhol era auxiliar técnico de Pep Guardiola.

Para o ataque, o Arsenal monitora a situação de Alexis Sánchez, que foi campeão da Copa da Inglaterra e da Supercopa da Inglaterra com o clube e que hoje defende o Olympique de Marselha. Segundo o jornal “Sport”, os Gunners colocaram o chileno, que tem contrato com o clube francês até o final da temporada, na lista de possíveis alvos para a próxima temporada, após o departamento de análise recomendar a contratação a Mikel Arteta.

Quem está de saída do Arsenal?

A ideia de reforçar o meio de campo também parte da possibilidade do Arsenal perder Granit Xhaka para o Bayer Leverkusen. De acordo com o jornalista italiano Fabrizio Romano, especialista em transferências, publicou que o time alemão deve pagar 15 milhões de libras (R$ 924,81 milhões) para fechar com o volante suíço que é titular do time londrino. O jogador campeão duas vezes da Copa da Inglaterra e da Supercopa da Inglaterra com os Gunners está próximo de fechar com os alemães até 2027.

Outro meio-campista que ainda não decidiu seu futuro é o jovem talento Ethan Nwaneri, de 16 anos, que se tornou o jogador mais novo da história da Premier League quando Mikel Arteta o relacionou para o banco de reservas contra o Brentford em setembro do ano passado. Ele é considerado um dos jogadores mais promissores do país.

O registro escolar de Nwaneri termina em junho e times como Chelsea, Manchester City e Manchester United monitoram o jogador. O Arsenal, no entanto, não perdeu a esperança de convencê-lo a aceitar sua oferta e novas conversas entre clube e atleta estão em andamento.

Nwaneri marcou o gol da vitória da Inglaterra contra a Croácia na fase de grupos do Campeonato Europeu Sub-17, na Hungria, na última quinta-feira (18), e o seu companheiro de equipe, Myles Lewis-Skelly, também de 16 anos, abriu o placar da Inglaterra na vitória por 4 a 1 sobre a Holanda no domingo (21). O meia, inclusive, já acertou sua permanência no time do norte de Londres.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.