Mercado: Chelsea precisa liberar barca com até 10 atletas

1 minuto de leitura

O Chelsea começa a planejar o próximo ano já que a atual temporada acabou arruinada após a eliminação para o Real Madrid na Champions League.

Além de definir a contratação de seu novo técnico, o clube tem a missão de liberar uma barca de jogadores do atual elenco. O número de saída pode chegar a dez atletas.

De acordo com o “The Telegraph”, o Chelsea tem a necessidade correr contra o tempo e realizar uma extensa limpa no elenco. A reformulação tem dois motivos. Um deles é financeiro. O clube gastou 425,49 milhões de euros (R$ 2,3 bilhões) em reforços na atual temporada e precisa equilibrar suas contas. Além das vendas, drásticos cortes salariais nos jogadores também devem acontecer.

O outro motivo é esportivo. O elenco do Chelsea conta atualmente com 31 jogadores, segundo o site oficial do clube. Para a próxima temporada, dois novos reforços chegarão: Malo Gusto (Lyon) e Nkunku (RB Leipzig). Jogadores emprestados, como o zagueiro Levi Cowill (Brighton) e o volante Andrey Santos (Vasco), também se apresentarão à equipe.

Leia mais:

Último jogo de Champions? Thiago Silva surpreende após derrota do Chelsea

Liverpool pode ‘se aproveitar’ de drama do Chelsea e levar 3 jogadores do rival

Os Blues têm de cortar cerca de dez jogadores do plantel, para que o próximo treinador tenha mais tranquilidade em realizar o trabalho. O inchaço no elenco foi uma das dificuldades que Graham Potter teve à frente do Chelsea, além de causar incômodo em parte do elenco, caso de Thiago Silva.

Fora da Champions League e distante até mesmo de chegar à Europa League e à Conference, o Chelsea deve ter apenas as competições nacionais para disputar na próxima temporada. O calendário mais tranquilo é outra justificativa para a diminuição no número de jogadores. Além disso, claro, pesa a questão financeira, já que ficar fora dos torneios continentais representa perda de receitas importantes.

A barca do Chelsea

O “The Telegraph” listou, de forma opinativa, os jogadores que devem liderar a lista de dispensa do Chelsea. O jornalista Matt Law acredita que Kepa Arrizabalaga, Mendy, Chalobah, Azpilicueta, Kovacic, Loftus-Cheek, Pulisic, Aubameyang, Havertz, Ziyech e Lukaku precisam ser vendidos pelo clube. O jornalista também se opõe as continuidades dos emprestados João Félix e Denis Zakaria.

Contudo, alguns outros nomes aparecem com possibilidades reais de deixar o Stamford Bridge. Entre eles, Connor Gallagher e Mason Mount, que chamam a atenção do Liverpool e de outros times ingleses.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.