Vira-casaca? Chelsea tem interesse em goleiro rival para substituir Sánchez

4 minutos de leitura

Finalista da Copa da Liga Inglesa, o Chelsea já está pensando nas mudanças de elenco que devem acontecer na próxima janela de transferências. Apesar de chegar na decisão do torneio contra o Liverpool, os Blues não fazem uma temporada correspondente aos valores gastos no mercado para fortalecer o elenco.

Um dos pontos de atenção deve ser a defesa. De acordo com o jornalista Graeme Bailey, o Chelsea está disposto a vender o goleiro Robert Sánchez na janela de transferências do verão. E o possível substituto está em um rival.

Chelsea quer goleiro rival para substituir Sánchez

Robert Sánchez chegou ao Stamford Bridge na janela de verão de 2023, vindo do Brighton por 25 milhões de libras. Ele atuou em 19 partidas e sofreu 26 gols nesta temporada, ficando fora da equipe por nove rodadas da Premier League por causa de uma lesão no joelho. Só que, mesmo sendo o titular, o clube não está convencido de manter o espanhol embaixo das traves em 2024/25.

Além disso, conforme publicado por Bailey no site “HITC”, a direção dos Blues está considerando contratar Aaron Ramsdale, do Arsenal, para substituir Sánchez.

O site havia noticiado também que Ramsdale não tem planos de permanecer no Arsenal na próxima temporada, já que tem sido preterido por David Raya, sob o comando de Mikel Arteta.

Foto: Icon sport

Outro candidato no qual o Chelsea está de olho é Giorgi Mamardashvili, do Valencia e da seleção da Geórgia. Kepa, por outro lado, mesmo pertencendo aos Blues enquanto está emprestado ao Real Madrid, não está nos planos para ser o goleiro titular e também deve ser vendido.

Já no caso de Dorde Petrovic, que tem substituído Sanchez em sua ausência por lesão, os Blues estariam felizes com seu desempenho, mas não acreditam que ele pode ser o titular do grupo.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Me formei em Jornalismo pela PUC-SP em 2020. Antes de escrever para a PL Brasil, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.