Chelsea fecha com substituto de Havertz e ‘economiza’ R$ 208 milhões; entenda!

5 minutos de leitura

O Chelsea é um dos clubes europeus que mais se movimenta no mercado da bola. Com a chegada de Mauricio Pochettino, a reformulação do clube passa por saídas em grande número e reforços pontuais. Agora, os Blues encontraram um novo centroavante para substituir Kai Havertz.

O clube londrino fechou com Nicolas Jackson, destaque do Villarreal. A informação foi adiantada pelo jornalista italiano Fabrizio Romano e o negócio foi confirmado pelo “The Athletic” neste domingo (25). O jovem de 21 anos, nascido em Gâmbia mas que representa a seleção de Senegal, estava no radar dos Blues há algumas semanas e todas as partes do negócio chegaram a um acordo.

O artilheiro chega para uma posição vaga no elenco, ainda mais com a saída de Havertz para o Arsenal. O Chelsea, inclusive, vai conseguir economizar praticamente 40 milhões de euros (R$ 208 milhões) com esse movimento.

Quanto Chelsea vai pagar por Nicolas Jackson?

O Villarreal aceitou que o clube londrino pague cerca de 35 milhões de euros (R$ 182 milhões), que é o valor da rescisão do atacante. Os termos do contrato foram aceitos e os exames médicos foram feitos também no domingo.

Romano ainda afirmou que o contrato do senegalês com o novo clube será longo: mais de cinco temporadas. Os documentos estão sendo checados pelas duas equipes antes de confirmarem oficialmente a transação.

Saída de Havertz, chegada de Jackson: economia à vista

Entre as muitas saídas esperadas no elenco, Havertz foi o mais recente e trocou de lado em Londres: fechou com o Arsenal por 65 milhões de libras (cerca de 76 milhões de euros ou R$ 397 milhões). Apesar da versatilidade, o alemão é um meia de origem, mas jogava praticamente como centroavante nos Blues e já revelou a preferência pelo meio. Nos Gunners, ele voltará ao seu setor preferido.

Com a saída de Havertz e a chegada de Jackson, os Blues acabam por economizar bastante: o alemão saiu por 76 milhões de euros e o senegalês chega por 35 milhões, praticamente 40 milhões de euros (R$ 208 milhões) salvos.

Nicolas Jackson pelo Villarreal - Icon Sport

Chelsea
Havertz
Nicolas Jackson pelo Villarreal – Icon Sport

A equipe de Stamford Bridge espera arrecadar grandes quantias na atual janela de transferências, principalmente depois de dois períodos de mercado com gastos fartos. Isso deve ser “ajudado” pela Arábia Saudita.

Apesar da saída de Kanté de graça para o Al-Ittihad, outros 12 jogadores devem render aproximadamente R$ 1,4 bilhão aos cofres do clube. Jogadores como Ziyech, Mendy e Koulibaly são outros indo ao futebol árabe. Na Inglaterra, além de Havertz, Kovacic acertou sua ida ao Manchester City.

O segundo reforço do Chelsea

Jackson não foi o primeiro reforço dos Blues na janela: Kendry Páez, a promessa de 16 anos do Independiente Del Valle, foi quem abriu os trabalhos do clube no mercado. Ele foi contratado por 20 milhões de euros (R$ 110 milhões à época). Meses atrás, Christopher Nkunku já estava acertado e apenas esperava a janela abrir para completar a transferência – ele custou 60 milhões de euros (R$ 313 milhões).

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]