Chelsea dá “chapéu” no City e acerta contratação de lateral-esquerdo espanhol

Antes de mais nada, com a Premier League prestes a começar, o Chelsea ainda busca reforços para a temporada 2022/23. Dessa forma, os Blues venceram uma disputa acirrada com rival e acertou a contratação de destaque espanhol.

CHELSEA FECHA COM CUCURELLA

De acordo com o jornalista italiano Fabrizio Romano, especialista em transferências, o Chelsea acertou a contratação do lateral-esquerdo Marc Cucurella, ex-Brighton. Sendo assim, o clube londrino desembolsará 52 milhões de euros pelos serviços do jogador. Tanto os termos pessoais do contrato, quanto a parte do Brighton, já foram acertadas.

Portanto, o Manchester City também negociava com o jogador, visando substituir Zinchenko, que foi vendido ao Arsenal. No entanto, os trâmites ficaram estagnados após dirigentes do Brighton reclamarem de proposta de 35 milhões de euros dos atuais campeões da Premier League.

Em suma, a chegada do espanhol pode indicar a saída do compatriota Marcos Alonso, que interessa ao Barcelona.

VEJA TAMBÉM: CHELSEA ANUNCIA CHUKWUEMEKA COMO NOVO REFORÇO DO CLUBE

A saber, o Chelsea irá iniciar a temporada de forma oficial neste próximo sábado (6) com uma novidade. Isso porque, o clube anunciou nessa terça-feira (3) a contratação de Carney Chukwuemekaex-Aston Villa. Assim, o time de Thomas Tuchel terá mais um reforço no meio de campo do clube.

PROMESSA DE 18 ANOS JÁ CONQUISTOU A EUROCOPA SUB-19

O Chelsea anunciou nessa terça-feira (3) um acordo para contratar o jovem meio-campista Chukwuemeka, que tinha contrato com o Aston Villa até junho de 2023. Além disso, a imprensa europeia afirmava que os Villans não tinham intenção de renovar com o atleta, o que facilitou a venda neste momento (o clube poderia perder o jogador a custo zero na janela de janeiro em 2023).

Dessa forma,  jovem de 18 anos é apontado como uma das principais promessas do futebol inglês e viajará a Londres para realizar exames médicos e acertar contrato com os Blues. De acordo com os veículos ingleses, o contrato tem validade até 2028. Revelado pelo Northampton Town, o atleta chegou no Villa em 2016.

Em resumo, ele assinou seu primeiro contrato profissional em 2020. Por fim, o meia disputou 12 jogos do Campeonato Inglês.