Chelsea: confira como foi a janela de transferências do atual campeão europeu

0
240
Chelsea - Saúl Ñiguez
Foto: Divulgaçãor/ Saúl Ñiguez

A saber, a janela de transferências que se encerrou nessa terça-feira (31) foi uma das mais movimentadas dos últimos tempos. Sendo assim, o atual campeão europeu não poderia ficar de fora das manchetes. Dessa forma, com empréstimos, vendas e compras, o Chelsea foi um dos protagonistas desse mercado da bola agitado. Por fim, vamos  as principais negociações da equipe londrina.

LUKAKU CHEGOU E CHELSEA NAS ÚLTIMAS HORAS ANUNCIA MEIA ESPANHOL

Em resumo, o principal nome dos Blues nesta janela foi do atacante belga Romelu Lukaku, após muito sucesso no futebol italiano. Nesse ínterim, o jogador retorna ao clube depois de sete anos, com muito mais experiência e técnica aprimorada. Dessa forma, o belga chega para preencher uma vaga em aberto na última temporada no time londrino, que é a de um camisa 9 com mais qualidade técnica.

Vale ressaltar a outra contratação pelo clube Azul de Londres, já nas ultimas horas de janela. Nesse sentido, o Chelsea anunciou nos “acréscimos” o empréstimo do meio campista Saul Ninguez, vindo do Atlético de Madrid. Em suma, o valor da negociação gira em torno de 5 milhões de euros, tendo o direito de compra ao fim do empréstimo.

MUITOS EMPRÉSTIMOS E POUCAS VENDAS

De início, muitos empréstimos foram cedidos pelos Blues nessa janela. Assim, destaques para o atacante brasileiro Kenedy que foi para o Flamengo e, para ítalo-brasileiro Emerson que foi para o Lyon (FRA). Por fim, 10 jogadores ao total foram emprestados.

Por outro lado, poucas vendas foram realizadas, mas algumas de nomes bem conhecidos do clube nos últimos anos. Dessa forma, o atacante francês Olivier Giroud desembarcou na Itália para defender o Milan. Do mesmo modo, o atacante inglês Tammy Abraham deixou os Blues para vestir a camisa da Roma. Outro jogador conhecido no elenco londrino que saiu nesta janela foi do zagueiro francês Kurt Zouma, para o West Ham.

Por fim, o Chelsea lucrou 80 milhões de euros com a venda de quatro jogadores: Abraham, Giroud, Zouma e Zappacosta.