Ídolo do Chelsea lamenta saída de campeão da Champions: ‘Ele foi brilhante’

4 minutos de leitura

Desde o título da Champions League na temporada 2020/2021 e a aquisição da BlueCo, o Chelsea tem lutado para conseguir um bom desempenho nas competições. O clube realizou uma reformulação no elenco nas últimas janelas, mas o rendimento não vem sendo correspondido às expectativas.

Depois de realizar algumas contratações, a diretoria do Chelsea negociou a venda de jogadores. No entanto, para Joe Cole, um nome que foi fundamental para o título da Champions League não deveria ter deixado o clube.

Cole lamenta saída de jogador do Chelsea

No ano passado, os Blues oficializaram a venda de grandes nomes do elenco. Mendy, Kanté, Koulibaly e Mount são alguns dos destaques que deixaram o clube. Na opinião de Joe Cole, a principal saída é de Kai Havertz, que está no Arsenal desde junho de 2023.

Em comentários para a “TNT Sports”, Joe Cole destacou a passagem de Havertz pelo Chelsea e a importância do jogador para o clube, principalmente a versatilidade no setor ofensivo.

— Sempre gostei dele como camisa 9. Ele era um jogador brilhante no Chelsea. Ele chegou ‘caro’, jogou em várias posições e marcou o gol da vitória na final da Champions League. Sempre gostei dele e não queria vê-lo sair.

Havertz em campo pelo Arsenal. Foto: Icon Sport

Na análise, Joe Cole destaca a recuperação de Havertz no Arsenal. O jogador se estabeleceu com titular sob o comando de Arteta e está em bom momento na temporada.

— Ele foi para lá (Arsenal) e se saiu muito bem, se recuperou. Ele é um jogador da grande área – seja jogando como número 9 ou como falso 9 – ele tem um instinto adorável para marcar gols e tem aquele peso de passe e calma.

A passagem de Havertz pelo Chelsea iniciou em setembro de 2020. O clube inglês desembolsou 62 milhões de libras (na época, R$ 372 milhões) ao Bayer Leverkusen. Para Joe Cole, o alemão pode ser comparado a outros atacantes que também defenderam os Blues.

— Quando desempenhava essa função no Chelsea (de centroavante), era sinônimo de atacantes dos últimos 20 anos como Drogba, Torres, (Diego) Costa. Os fãs estão acostumados a ter isso. Acho que ele (Havertz) fez um ótimo trabalho pelo Chelsea.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.