Thiago Silva ajuda Chelsea em boa partida, mas Arsenal aproveita falhas e arranca empate

6 minutos de leitura

O Chelsea empatou com o Arsenal por 2 a 2, pela nona rodada da Premier League, neste sábado (21). Os gols dos Blues foram marcados por Cole Palmer e Mykhailo Mudryk, enquanto os dos Gunners foram feitos por Declan Rice e Leandro Trossard, no Stamford Bridge.

Chelsea anula jogo do Arsenal e abre vantagem

O clássico londrino começou com o Chelsea na frente do placar. Logo aos onze minutos, o árbitro marcou pênalti por uma bola no braço de Saliba dentro da área. Palmer foi para a cobrança e marcou.

O restante da primeira etapa foi de maior domínio do Arsenal, que explorava as linhas baixas de marcação do Chelsea. Porém, faltou capricho no encerramento das jogadas para finalizar mais vezes ao gol. O Chelsea, por sua vez, conseguiu chegar em outros momentos na área com contra-ataques.

Na volta do intervalo, o Chelsea já jogou um balde de água fria em qualquer resquício de reação Gunner. Logo aos três minutos de jogo, o Mudryk marcou um golaço. O camisa 10 tentou cruzar a bola distante da área, mas David Raya, adiantado, não conseguiu chegar na bola e o atacante acabou marcando um golaço.

Arsenal aproveita falhas de Sánchez

O Arsenal vinha fazendo uma partida abaixo do normal, sendo parado pela marcação muito efetiva do Chelsea, até o momento em que Robert Sánchez cometeu um grave falha. O goleiro tentou devolver a bola para seus companheiros de equipe, mas fez um passe ruim. Declan Rice aproveitou o posicionamento do defensor e marcou um golaço de fora da área aos 32 minutos.

Aos 41 minutos, o goleiro dos Blues cometeu uma nova falha. Saka, que estava sumido na partida até então, fez um cruzamento para Trossard chutar para o gol pelo lado esquerdo Malo Gusto dormiu na marcação e o belga apareceu sozinho para escorar. Sánchez deixou a bola passar e ela foi para o fundo das redes, garantindo o empate dos visitantes.

Chelsea x Arsenal: como foram os brasileiros

Gabriel Magalhães – 5,5

O trio de brasileiros não estava sem seua melhores dias – assim como todo o time do Arsenal. Apesar de ter feito boas contribuições na defesa dos Gunners, Gabriel Magalhães teve duas boas oportunidades para abrir o placar antes de Rice, mas desperdiçou.

Gabriel Jesus – 5,0

Não foi uma boa partida do camisa 9 do Arsenal. A bola pouco chegou em Gabriel Jesus, que finalizou apenas três vezes em todo o jogo e acertou 75% das tentativas de passe.

Gabriel Martinelli – 5,5

Decisivo em outros jogos pelo Arsenal, Gabriel Martinelli não foi eficiente contra o Chelsea. Apesar de ter acertado 93% dos passes que tentou e ter avançado ao fundo do campo diversas vezes para tentar cruzamentos, o brasileiro não conseguiu finalizar a maioria de suas jogadas, sendo parado pela marcação do adversário.

Thiago Silva – 6,5

Do lado do Chelsea, Thiago Silva fez uma ótima partida, ajudando a neutralizar as investidas do Arsenal no lado direito do campo. Venceu quatro de cinco duelos, realizou três desarmes e acertou 91% dos passes. O bom desempenho foi recompensado com a torcida gritando o nome do brasileiro no estádio.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.