Championship 2019/2020: analisamos 7 destaques da atual edição

Se liga nos principais nomes da atual temporada da Segundona

0
484
Championship 2019/2020: analisamos 7 destaques da atual edição
Ashley Allen Getty Images Sport

A Championship 2019/2020 está se aproximando do fim e a disputa está bastante intensa. A briga pelo título, as vagas de acesso e o rebaixamento continuam bastante acirradas e a classificação pode mudar a qualquer instante.

A PL Brasil apresenta abaixo sete destaques da atual edição da 2ª divisão inglesa e que possuem potencial para ganhar espaço na Premier League, seja por seu clube atual ou por um clube já presente no campeonato.

Aleksandar Mitrovic (Fulham)

O futuro do atacante sérvio Aleksandar Mitrovic ficou em débito após o rebaixamento do Fulham na temporada 2018/19 da Premier League. Com 11 gols marcados em 37 partidas, o sérvio foi sondado por diversos clubes, mas optou pela renovação de contrato com os Whites e agora tenta ajudar no retorno do clube na Premier League.

Na temporada 2019/2020, Mitrovic é o artilheiro da Championship com 19 gols em 27 partidas e é um dos principais responsáveis pela campanha atual do Fulham, que está na terceira colocação com 52 pontos e que briga fortemente pelo acesso direto.

Alex Pantling Collection Getty Images Sport
Alex Pantling Getty Images Sport

Por ser um jogador muito forte e alto, o jogo físico acaba sendo o seu ponto forte. Em uma liga competitiva, onde a maioria dos jogos depende muito desse estilo, o sérvio acaba sendo um nome diferenciado e que acaba desequilibrando em grande parte dos jogos.

Com 25 anos, o atacante demonstra ter muito futuro e ainda pode despontar como um grande nome na Premier League.

Ollie Watkins (Brentford)

Contratado na temporada de 2017/18 junto ao Exeter City, o excelente meia-atacante Ollie Watkins é um dos grandes motivos do Brentford ter realizado campanhas de destaque ao longo das últimas temporadas da Championship.

Curiosamente, essa temporada é a primeira em que o atacante de apenas 24 anos atua como um atacante de referência. Com a transferência de Neal Maupay para o Brighton no início dessa temporada, os Bees decidiram fazer uma aposta caseira para substituí-lo e isso vem dando resultado.

Ashley Allen Getty Images Sport

Em suas duas primeiras temporadas pelo clube, Watkins marcou dez gols em 45 e 41 partidas respectivamente. Nessa, ele já soma 19 gols em 29 partidas e divide a artilharia com Aleksandar Mitrovic, do Fulham.

O trio de ataque formado com Said Benrahma e Bryan Mbeumo vêm infernizando a vida dos adversários e coloca o Brentford como um fortíssimo candidato ao acesso para a Premier League.

Jed Wallace (Milwall)

No início da temporada, o Milwall era tratado como uma das equipes postulantes ao rebaixamento para League One, mas o clube é uma das surpresas positivas da atual temporada da Championship. Com 45 pontos e na nona colocação, os Lions estão na briga por uma vaga nos playoffs da atual edição.

Se a equipe passa por essa boa fase, muito disso se deve ao meia Jed Wallace, de 26 anos, que é um dos grandes destaques do campeonato até aqui. Com dez gols e nove assistências em 28 partidas, Wallace faz de longe a sua melhor temporada pelo time londrino desde que chegou.

Alex Burstow Collection Getty Images Sport
Alex Burstow Getty Images Sport

Wallace foi contratado pelo Milwall na temporada de 2016/17 junto ao Wolverhampton e foi revelado pelo Portsmouth, clube no qual jogou por quatro temporadas.

Para se ter a dimensão da grande temporada que Wallace faz pelo clube, somando as três últimas temporadas dele pelo clube, o meia soma 14 gols e dez assistências, sendo que uma dessas temporadas foi na disputa da League One. Com 16 jogos em disputa e a possibilidade de disputar os playoffs, esse número pode ser superado em apenas uma temporada.

Leia mais: Harry Potter: 13 atores que torcem para clubes ingleses

Niclas Eliasson (Bristol City)

Outro time que atravessa uma boa fase nas últimas temporadas é o Bristol City. A equipe do técnico Lee Johnson vem brigando constantemente por uma vaga nos playoffs, mas parece estar ainda mais forte nessa temporada e tem boas chances de garantirem sua vaga pelo menos na disputa dos playoffs de acesso.

Um dos grandes destaques da campanha atual é o meia-atacante sueco Niclas Eliasson, de 24 anos. Eliasson chegou ao Bristol na temporada 2017/18, mas tinha números discretos ao longo da últimas temporadas.

Dan Istitene Getty Images Sport

Na temporada atual, são 11 assistências para gol, o que credencia ao sueco a liderança isolada neste quesito. Além disso, foram três gols marcados.

Sua parceria com o senegalês Famara Diedhiou vem rendendo ótimos frutos ao Bristol. Com a chegada de Nahki Wells, que marcou 13 gols na Championship pelo QPR e que foi contratado no fim da janela de inverno junto ao Burnley, o poderio ofensivo da equipe certamente fica mais forte e as chances de acesso são boas.

Matheus Pereira (West Bromwich)

Apesar de ser brasileiro, o meia-atacante Matheus Pereira não tem passagens por nenhum clube brasileiro. Nascido em Belo Horizonte, o brasileiro foi formado nas categorias de base do Sporting, onde jogou grande parte de sua carreira.

Na temporada passada, ele foi vendido ao Nuremberg, da Alemanha, onde disputou a Bundesliga.

Com cinco gols e dez assistências, Matheus é peça fundamental do West Bromwich, não só pela sua qualidade no passe e por ser um dos líderes de assistências da temporada, mas também por demonstrar uma exímia qualidade no chute de média distância, sendo que o brasileiro é o cobrador de faltas oficial da equipe.

Apesar de viver um período irregular no campeonato, o West Bromwich ainda é o líder da competição e possui boas chances de conquistar o acesso direto nesta temporada.

Karlan Grant (Huddersfield)

Contratado na janela de inverno da temporada passada junto ao Charlton Athletic, o atacante Karlan Grant não demorou pra conquistar a torcida do Huddersfield.

Na temporada passada, Grant chegou a atuar pelo Huddersfield na Premier League e foi o grande destaque da equipe, mas o atacante chegou em um período que os Terriers já estavam com a situação praticamente irreversível na elite do futebol inglês e acabou sendo rebaixado mesmo com o impacto imediato de Grant.

George Wood Getty Images Sport

Na temporada atual são 13 gols e quatro assistências nas 30 rodadas realizadas até aqui. Com apenas 22 anos, o atacante é considerado um jogador de futuro e é um nome a ser observado pelos clubes da elite inglesa.

Apesar dos excelentes números, o Huddersfield faz uma péssima campanha na atual edição da Championship. A equipe está apenas na 20ª colocação com 32 pontos e está a apenas três pontos da zona de rebaixamento. Com isso, os gols de Grant serão cada vez mais fundamentais para tirar os Terriers dessa situação.

Leia mais: Brexit e Premier League: os impactos ao futebol inglês

Eberechi Eze (Queens Park Rangers)

Considerado um dos grandes jovens talentos da nova safra inglesa, o meia Eberechi Eze vem colecionando convocações constantes para as categorias de base do país. Tudo isso se deve ao seu grande desempenho na temporada atual da Championship.

Com dez gols e seis assistências, o jovem de apenas 21 anos faz uma excelente temporada e estava fazendo uma parceria de sucesso com Nahki Wells. No entanto, o atacante acabou sendo vendido para o Bristol City em uma negociação que envolveu a transferência de Josh Brownhill para o Burnley, que era dono dos direitos de Wells.

Catherine Ivill Getty Images Sport

A saída do atacante pode influenciar diretamente no desempenho de Eze e no futuro do QPR no campeonato. Para substituí-lo, o clube confirmou a contratação de Jack Clarke, do Tottenham, por empréstimo.

O QPR vive uma temporada 2019/2020 da Championship irregular e não deve correr riscos de queda e nem de acesso para a Premier League. A equipe está na 16ª colocação com 38 pontos e está longe da zona dos playoffs.