Champions: técnico de time europeu deixa futuro em aberto

1 minuto de leitura

O Paris Saint-Germain foi eliminado da Champions League nesta quarta-feira (8). A equipe caiu nas oitavas de final para o Bayern de Munique, depois de perder por 2 a 0 na Allianz Arena e por 1 a 0 no Parc des Princes. Nove anos depois da compra do PSG pelo Qatar Sports Investment (QSI), o clube parisiense ainda não conseguiu seu principal objetivo: conquistar a Liga dos Campeões.

Após a segunda derrota para o Bayern, o técnico do PSG, Christophe Galtier, deixou o seu futuro no clube em aberto, colocando a responsabilidade de qualquer decisão à diretoria do Paris Saint-Germain.

–Meu futuro? É muito cedo para falar sobre isso. Meu futuro obviamente depende da minha direção esportiva e do meu presidente. Há uma decepção, é assim que é. O clube tinha muita esperança nessa competição. Eu continuo o caminho, permaneço focado no final da temporada com muita energia e determinação–, declarou o treinador.

Galtier apontou para as lesões como fator determinante para a eliminação para o Bayern de Munique. “O que fez a diferença foi a disponibilidade dos jogadores. Tivemos muitas ausências nos dois jogos. Tivemos de trocar dois defensores no primeiro tempo. Há muita frustração e é preciso olhar em frente”, frisou o técnico que está na primeira temporada no comando do PSG.

Champions: desempenho de Galtier

Christophe Galtier chegou ao PSG em julho do ano passado após indicação do diretor esportivo Luís Campos. Desde então, o técnico acumula 27 vitórias, cinco empates e seis derrotas, dando um aproveitamento de 75%. Porém, na Champions League, principal objetivo do clube, o rendimento não foi tão bom. Em oito partidas, o time francês venceu quatro, empatou dois e perdeu dois (aproveitamento de apenas 58%).

Além da eliminação nas oitavas de final da Champions League, o PSG de Galtier também foi eliminado precocemente na Copa da França para o rival Olympique de Marselha. Já no Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain lidera com oito pontos de distância do segundo colocado.

Galtier tem 56 anos e foi zagueiro profissional. Desde 2009 é técnico e só comandou clubes franceses. Ele ficou por oito anos no Saint-Étienne, onde ganhou uma Copa da Liga, depois passou quatro temporadas no Lille, conquistando a League 1. Na última temporada, treinou o Nice.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.