Adiamento? Real Madrid é recebido com terremoto de magnitude ‘importante’ na Itália antes de jogo da Champions

5 minutos de leitura

A cidade de Nápoles, no sul da Itália, foi atingida por um terremoto nesta segunda-feira (2). Os primeiros relatos relacionados ao tremores na cidade italiana começaram às 22h do horário local (17h no horário de Brasília). O estádio Estádio Armando Maradona, localizado no bairro de Fuorigrotta, vai sediar a partida entre Napoli e Real Madrid nesta terça-feira (3), às 16h, pela segunda rodada da Champions League.

Ainda não há informações sobre um possível cancelamento da partida.

Napoli
03/10/23 - 16:00

Finalizado

2

-

3

Real Madrid

Napoli - Real Madrid

UEFA Liga dos Campeões - Stadio Diego Armando Maradona

2° Turno

O elenco do Real Madrid chegou nesta segunda-feira à cidade para o confronto europeu fez o reconhecimento do gramado do Estádio Armando Maradona. O jogo deve marcar a primeira partida titular de Vinicius Junior nesta edição da Champions League. O brasileiro se lesionou no início da temporada e retornou ao time inicial dos Merengues no último sábado, diante do Girona, por LaLiga.

Tremores na região de Nápoles

O terremoto registou magnitude 4 na escala Richterum dos maiores da história da região nos últimos 40 anos. Isto porque um outro terremoto registrado há cinco dias na mesma localidade atingiu 4.2 na escala Richter e foi classificado como o maior da história da região nas últimas quatro décadas.

De acordo a agência de notícias “Ansa”, algumas pessoas saíram de casa e foram às ruas da cidade após o susto com o terremoto.

Os tremores estão relacionados às atividades de um vulcão no golfo de Pozzuoli, na região dos Campi Flegrei – próximo à província de Nápoles.

João Vítor Castanheira
João Vítor Castanheira

Coordenador da PL Brasil. Aqui, minha missão e organizar o time para que nossos craques da reportagem possam matar no peito e sair jogando. Cobri futebol internacional, carioca e esportes olímpicos pelo Lance! e fui editor de conteúdo do Esporte do Grupo Globo - lá fiz parte dos programas Globo Esporte, Jornal da Globo e Esporte Espetacular. Jornalista pela UFRJ, ex-goleiro da Associação Atlética de Comunicação e Artes com orgulho. Contra todo tipo de conservadorismo - inclusive o esportivo. De Uberaba-MG, radicado no Rio Janeiro-RJ, em São Paulo-SP.