Como Cech entrou na mente de Mario Gomez em 2012: ‘Estava comigo no doping, tímido, e disse…

4 minutos de leitura

Mario Gómez, ex-centroavante do Bayern de Munique, revelou como Petr Cech entrou em sua mente durante a decisão de pênaltis entre os Bávaros e o Chelsea em 2012, na final da Champions League em plena Allianz Arena, casa do clube alemão.

Em entrevista para a série documental “Generation Wembley”, que conta a história do título europeu do Bayern de Munique em 2013, sobre o Borussia Dortmund, Gómez falou sobre a decisão da Champions League do ano anterior – perdida pelos alemães.

Os pênaltis de Bayern x Chelsea em 2012

Cech caiu para o lado certo em todas cinco cobranças, defendendo as batidas de Olic e Schweinsteiger. Mario Gómez converteu, mas por pouco, não teve o chute parado pelo goleiro tcheco.

— No caminho para a cobrança mudei de ideia e fui para o outro canto. Mas o mais louco da história é que depois eu fiz controle antidoping com ele — relata Gómez, que continou:

— Petr Cech está sentado comigo no antidoping, completamente tímido, reservado. E em certo momento, ele me pergunta: “Ei, o que houve com o pênalti?” Eu olho para ele e digo: “Hein?” Então ele me diz: “Primeiro você queria bater no outro canto, me confundiu totalmente. Eu sabia que você estava indo para o outro canto”.

A leitura de Cech impressionou o ex-jogador do Bayern de Munique.

“Ele me disse exatamente o que aconteceu comigo. Isso é incrível. Mais uma vez, me fez perceber como ele é um grande goleiro.

João Vítor Castanheira
João Vítor Castanheira

Coordenador e editor-chefe da PL Brasil. Passou por Lance, Esporte News Mundo e Grupo Globo. Jornalista pela UFRJ, ex-goleiro da Associação Atlética de Comunicação e Artes com orgulho. Contra todo tipo de conservadorismo - inclusive o esportivo. De Uberaba-MG, radicado no Rio Janeiro-RJ, em São Paulo-SP.