‘Chefão’ da Premier League revela que definiu data para audiência sobre acusações contra o City

5 minutos de leitura

Richard Masters, CEO da Premier League, quebrou o silêncio sobre a atuação da liga a fim de proteger a sustentabilidade financeira local. Segundo o dirigente, uma data foi definida para tratar das possíveis quebras de regras envolvendo o Manchester City. Ele também comentou sobre as recentes denúncias contra Nottingham Forest e Everton e as investigações relacionadas ao Chelsea.

Em reunião realizada nesta terça-feira (16), Richard Masters divulgou que existe uma data para a realização de uma audiência que tratará as possíveis irregularidades cometidas pelo Manchester City entre 2009 e 2017. O chefe da Premier League, contudo, não deu maiores detalhes.

–Há uma data definida para esse processo. Infelizmente, não posso dizer quando isso acontecerá, mas está progredindo. Não posso dar nenhum detalhe sobre o Man City além de dizer que uma data foi definida, não posso te dizer quando será–, ponderou.

Quais são as acusações contra o Manchester City?

Em fevereiro de 2023, a Premier League realizou acusações de 115 possíveis fraudes financeiras do Manchester City. Foram quatro anos de investigação para a liga chegar às denúncias referentes ao período entre as temporadas 2009/10 e 2016/17.

A Premier League alegou que os Citizens não deram transparência suficiente  à entrada de receitas, como patrocínios. O clube também foi acusado de não expor corretamente o valor de seu custo operacional e de não divulgar exatamente as remunerações de dirigentes entre 2009 e 2013.

Richard Masters destacou o caso Manchester City vem sendo discutido com o cuidado necessário. Ele salientou que, caso as denúncias ao time de Guardiola fossem as mesmas que o Everton recebeu no fim do ano passado, a punição seria a mesma.

–Se algum clube, seja ele o atual campeão ou não, violasse as regras de gastos do ano 2023, estaria exatamente na mesma posição que Everton ou Nottingham Forest–

Devido à profundidade do caso e do número alto de possíveis fraudes, o caso do City é mais complexo que a situação do Everton e exige maior tempo para investigação.

Pep Guardiola, treinador do City (Foto: Icon sport)

CEO da Premier League comenta acusações contra Nottingham Forest e Everton

Nottingham Forest e Everton apresentaram inconsistências financeiras e foram acusados pela Premier League na última segunda-feira (15). Os clubes serão analisados por uma comissão independente e podem ser punidos com a dedução de pontos na tabela de classificação. Em caso de uma sanção mais branda, as equipes poderiam receber multas. 

Richard Masters avaliou que não é uma situação confortável, mas necessária. Ele alegou que a Premier League precisa ser rígida com os clubes para manter a ordem internamente.

— É a primeira vez que apresentamos uma cobrança desta forma específica e ninguém quer fazê-lo, mas devemos fazê-lo porque temos que pensar no resto dos clubes que cumpriram as regras e também nos seus base de fãs. Esse, em última análise, é o dever do conselho da Premier League e do conselho da EFL em circunstâncias semelhantes–, argumentou.

Everton e Nottingham Forest em jogo da Premier League (Foto: Icon Sport)

Chelsea também é investigado pela Premier League

Outro gigante na mira da fiscalização da liga é o Chelsea. Durante a gestão do empresário russo Roman Abramovich, o clube teria realizado movimentações financeiras suspeitas, desde as contratações de Willian e Samuel Eto'o, até a pagamentos a agentes e empresários. Masters alegou que há uma investigação em curso e que a atual direção dos Blues têm cooperado.

–Sobre o Chelsea, como sabem, os novos proprietários do Chelsea apresentaram à Uefa, à FA e à Premier League informações sobre a propriedade anterior e ainda estamos a investigar isso. Não anunciaremos o resultado até termos concluído as investigações–, concluiu.

Willian pelo Chelsea (Foto: Icon Sport)
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.