O que é o cartão azul e por que ele será testado no futebol inglês?

4 minutos de leitura

Um cartão azul poderá ser utilizado no futebol profissional. A medida revolucionária seria anunciada em breve pela International Football Association Board (Ifab), entidade que regulamenta as regras do futebol, e prevê que jogadores sejam retirados do campo por 10 minutos caso cometerem uma falta dura ou reclamarem com o árbitro. A informação é do jornal britânico “Telegraph”.

A reunião anual do Ifab decidiu que o cartão azul é fundamental para reprimir qualquer falta que impeça um ataque promissor, mas não seja grave o suficiente para uma expulsão. Um exemplo dado durante o encontro foi o puxão de camisa do zagueiro italiano Giorgio Chiellini sobre o inglês Bukayo Saka na final da Eurocopa 2020, que resultou apenas em cartão amarelo.

O “Telegraph” acrescentou em sua publicação que o Ifab também quer o teste global de outra regra que vem do rugby ao permitir que apenas os capitães das equipes falem com o árbitro sobre alguma decisão.

A Federação de Futebol do País de Gales (FAW) cogitou utilizar a ferramenta durante um período de teste, com a cor laranja, mas a entidade não conseguiu autorização para a mudança. No entanto, nesta sexta-feira (9), haverá a assinatura de um novo protocolo que determinará o uso do cartão em período de testes.

Fifa quebra o silêncio e diminui 'empolgação'

Poucas horas depois da notícia ganhar força, a entidade máxima do futebl se manifestou através do perfil no “X”. De acordo com a Fifa, as publicações sobre o cartão azul são “incorretas e prematuras”. O órgão, porém, não descartou a implementação e ressaltou que o tema será debatido na reunião da IFAB, no dia 2 de março.

–A Fifa deseja esclarecer que os relatos do chamado “cartão azul” nos níveis de elite do futebol são incorretos e prematuros. Quaisquer testes desse tipo, se implementados, devem limitar-se a testes de forma responsável em níveis inferiores, uma posição que a FIFA pretende reiterar quando este item da agenda for discutido na Assembleia Geral do IFAB em 2 de março.

Cartão azul na Copa da Inglaterra

O árbitro Simon Hooper em jogo entre Tottenham e Liverpool. (Foto: IconSport)
O árbitro Simon Hooper em jogo entre Tottenham e Liverpool. (Foto: IconSport)

As competições de alto nível não terão os testes iniciais por agora, mas sim no meio do ano, incluindo nas Copas da Inglaterra masculina e feminina, após a Federação Inglesa de Futebol (FA) se voluntariar a testar a novidade em seus torneios.

O cartão azul não deve ser visto tão cedo nas competições europeias, já que o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, disse ao “Telegraph” no mês passado que era totalmente contrário ao uso do instrumento, dizendo que “não é mais futebol“.

A utilização do cartão azul, no entanto, pode acabar se tornando obrigatória na Champions League, Europa League, Conference League, Eurocopa e Nations League caso os testes funcionarem e o instrumento seja introduzido às regras do jogo.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.