Carlos Miguel explica por que escolheu o Forest mesmo com salário menor

4 minutos de leitura

O goleiro Carlos Miguel foi anunciado como novo jogador do Nottingham Forest nesta terça-feira (9). O clube inglês desembolsou 4 milhões de euros (R$ R$ 23,6 milhões) para contratá-lo do Corinthians e tê-lo até 2028.

Em entrevista ao canal “Benja Me Mucho”, do jornalista Benjamin Back, o goleiro brasileiro de 26 anos chegou a afirmar que o valor investido pelo Nottingham Forest é “muito baixo” e revelou por que aceitou a proposta, mesmo recebendo um salário inferior ao oferecido pelo Corinthians.

— Não vou para lá ganhar rios de dinheiro como todo mundo está falando. A proposta que o Corinthians me fez antes do jogo do São Paulo era de um salário maior do que vou ganhar lá. Não é o dinheiro, eu tenho o sonho da minha vida. Tenho o sonho de ser um dos melhores goleiros do mundo.

Na realidade, Carlos Miguel explicou que o Corinthians o procurou para negociar um novo contrato, com um salário melhor, antes do empate com o São Paulo, no dia 16 de junho.

— Eu tive uma proposta de uma liga gigantesca que é a Premier League. Um clube com uma organização financeira boa, com um projeto muito bom de crescer, não à toa estão sempre contratando jogadores jovens com potencial. É um trabalho que foi me apresentado e que eu gostei.

“É a Premier League cara, é o meu sonho.”

Carlos Miguel comenta dedução de pontos do Nottingham Forest

O Nottingham Forest terminou a temporada passada a apenas seis pontos do rebaixamento na Premier League, mesmo com a dedução de quatro pontos realizada em março por violação de regras financeiras da liga inglesa.

— Acabaram pecando no fair play e perderam pontos no ano passado. Esse ano já estão fazendo tudo correto para não dar erro. Vão tentar fazer outras contratações para melhorar o time — finalizou Carlos Miguel.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.