Capa aceita redução salarial para permanecer no Athletic Bilbao

Ander Capa renovou com o Athletic Bilbao até 2024. Assim, depois de muitos meses de negociações, o clube basco confirmou oficialmente na terça-feira (12) a extensão do contrato do defensor por mais dois anos.

Capa, desde o começo das conversas, não escondeu sua vontade de permanecer no clube basco. Assim, seu desejo de continuar em Bilbao fez muita diferença, mesmo com o jogador sendo pretendido por clubes rivais. Então, times como Mallorca, Valencia e Elche — todos da La Ligaeram alguns dos interessados em seu futebol.

O contrato assinado se encaixa na filosofia do novo presidente Jon Uriarte. Aliás, o empresário de 44 anos de idade ganhou o pleito realizado no último dia 24 de junho. Em suma, considerado o nome da terceira via, Uriarte venceu os outros dois candidatos Iñaki Arechabaleta e Ricardo Barkala.

O contrato anterior terminou no último dia 30 de junho. Assim, o novo acordo estabelece cláusulas diferentes. Houve uma redução salarial e um estabelecimento de objetivos individuais e resultados coletivos que podem gerar um bônus monetário para o defensor.

Nova era com Ernesto Valverde

O lateral não teve muitas oportunidades de entrar em campo durante a passagem do técnico Marcelino García Toral durante a temporada 2021-22. No total, até agora, foram 105 partidas e cinco gols marcados por Capa desde que foi contratado. Ele está no clube desde 2018, quando foi comprado do rival basco Eibar — clube em que foi formado. Pelo Athletic, Ander venceu a Supercopa da Espanha contra o Barcelona na temporada 2020-21.

O jogador de trinta anos de idade agora aposta na mudança de treinador para poder jogar mais. O espanhol Ernesto Valverde está de volta ao comando do Athletic Bilbao e deve utilizá-lo mais do que o técnico anterior. Está será a quarta passagem do ex-jogador de 58 anos de idade pelo clube basco. Sua última passagem durou quatro anos — de 2013 à 2017. Ernesto comandou o título do Athletic sobre o Barcelona na final da Supercopa da Espanha em 2015.