Por que clubes galeses jogam o Campeonato Inglês e os escoceses não?

6 minutos de leitura

Quem é fã de Premier League deve ter percebido que existem alguns clubes que não são ingleses disputando o Campeonato Inglês, inclusive pintando na primeira divisão. Uma curiosidade é que todos eles são de País de Gales e nenhum é da Escócia, ainda que ambos façam parte da Grã-Bretanha. A PL Brasil explica o motivo dessa separação.

País de Gales possui uma das federações mais antigas do mundo, criada em 1876. Ela, inclusive, teve participação com o poder de voto na International Board, que cuida das regras do futebol. Entretanto, o país foi criar uma liga nacional, a Welsh Premier League apenas em 1992.

Os elos entre País de Gales e Inglaterra

Com a proximidade geográfica e transporte precário do norte para o sul do país, os galeses viajavam mais do oeste ao leste. Muitas vezes, era mais fácil viajar para a Inglaterra do que para um lugar de dentro da fronteira. Assim, o futebol acabou se popularizando antes no norte, onde o Wrexham foi fundado em 1872. O Cardiff, que fica ao sul surgiu em 1899 e o Swansea somente em 1913.

Inclusive, o Wrexham, que hoje disputa a League Two (quarta divisão do Campeonato Inglês), foi o primeiro a perceber que seria difícil encontrar uma competição de bom nível técnico em País de Gales. Depois, Swansea e Cardiff acompanharam os Reds e também seguiram para o Campeonato Inglês.

Dos clubes galeses que jogam competições inglesas, o Cardiff City é historicamente o mais bem sucedido. O clube venceu a Copa da Liga Inglesa de 1926/27 e a Championship (segunda divisão do Campeonato Inglês) em 2012/13.

Criação da liga galesa

Após a criação da liga galesa em 1992, os clubes profissionais do país simplesmente ignoraram e as principais cidades de País de Gales ficaram sem participar do campeonato. A federação então forçou para que pelo menos os centro menores e vilarejos pudessem participar da competição.

A princípio, oito clubes se recusaram a participar, mas três deles — Bangor City, Newtown e Rhyl — voltaram atrás e se juntaram à liga galesa. Como forma de pressionar os demais, a federação proibiu que mandassem seus jogos pelas ligas da Inglaterra em território galês. Então, o Barry Town também passou a disputar o campeonato de seu país.

Em uma ação judicial, feita em 1995, quatro clubes foram autorizados a permanecer no futebol inglês, porém, Caernarfon Town e Colwyn Bay se mudaram para o campeonato galês, enquanto Newport County e Merthyr Town permanecem até hoje no Campeonato Inglês.

Intervenção da Uefa e caso Liechtenstein

Entretanto, ainda em 1995, a Uefa determinou que os clubes que disputavam competições nacionais fora de seus países não se classificariam para competições europeias, o que levou a federação do País de Gales a excluir os clubes que jogavam na Inglaterra da copa nacional.

Na verdade, existe a exceção dos times de Liechtenstein, único país filiado à Uefa sem uma liga nacional. Os clubes de lá acabam jogando na Suíça, mas só se classificam para competições europeias por meio da copa local.

Quando o Swansea se classificou para a Europa League, em 2013, por meio da Copa da Liga Inglesa, o clube teve que disputar a competição continental como um time inglês.

Ironicamente, a equipe mais forte do campeonato galês na atualidade manda seus jogos na Inglaterra. O clube 26 vezes campeão da liga nacional, The New Saints, representa duas cidades vizinhas: a galesa Llansantffraid e a inglesa Oswestry, onde atua. O time alcançou o auge de sua história continental quando enfrentou o Liverpool nos play-offs da Champions League, em 2005, quando os Reds eram atuais campeões europeus. Os ingleses de Merseyside acabaram vencendo a partida por 3 a 0.

Clubes de País de Gales que jogam o Campeonato Inglês

  • Cardiff City
  • Swansea City
  • Wrexham
  • Newport County
  • Merthyr Town

Por que escoceses não jogam o Campeonato Inglês?

Diferente de País de Gales, que tem 3,136 milhões de habitantes, a Escócia conta com uma população de 5,454 milhões pessoas. Sua liga nacional existe desde 1890 e conta com dois gigantes do futebol mundial:

Rangers

  • 55 títulos do Campeonato Escocês
  • 34 títulos de Copa da Escócia
  • 27 títulos de Copa da Liga Escocesa

Celtic

  • Campeão da Champions League de 1966/67
  • 53 títulos de Campeonato Escocês
  • 41 títulos de Copa da Escócia
  • 21 títulos de Copa da Liga Escocesa

Ou seja, País de Gales é muito menor que a Escócia e tem uma conexão maior com a Inglaterra. Quando começou o futebol na Grã-Bretanha, a Escócia já era muito forte e rapidamente teve a sua federação independente. O País de Gales, por ser pequeno, tinha alguns clubes que cresceram rápido, mas que não tinham uma liga separada para jogar em seu país.

Scottish Premier League

Apesar da liga escocesa existir há 133 anos, a chegada de um novo formato, com o nome Scottish Premier League aconteceu em 1998 e seguiu até 2013, quando foi formada a nova Liga de Futebol Profissional Escocesa, com a sua primeira divisão recebendo o nome de Scottish Premiership.

Como funciona a Scottish Premiership:

Vagas europeias

  • Campeão da temporada: 3ª fase eliminatória da Champions League
  • Vice-campeão: 3ª fase eliminatória da Champions League
  • Terceiro colocado: 3ª fase eliminatória da Europa League
  • Quarto colocado: 2ª fase eliminatória da Europa League

Rebaixamento

  • 12º colocado
Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.