9 personagens que foram campeões ingleses como técnico e jogador

Eles foram vitoriosos tanto dentro como fora das quatro linhas

0
260
Kenny Dalglish Ronnie Moran Roy Evans LiverpoolDan Smith Getty Images Collection Hulton Archive
Dan Smith Getty Images Collection Hulton Archive

Na história do Campeonato Inglês, foram poucos os personagens que tiveram a honra de serem campeões ingleses como jogador e técnico. Nos tempos atuais, isso pode se tornar cada vez mais raro por ser algo muito difícil de acontecer.

Agora no Chelsea, o ex-meia, ídolo e atual treinador da equipe, Frank Lampard, pode ter a oportunidade de se tornar mais um nome dessa lista. Com os Blues em uma excelente fase, não é impossível sonhar que ele possa ser mais um nome nesta lista.

Nós, da PL Brasil, vamos citar os nove nomes que fizeram história no futebol inglês e tiveram a honra de conquistar pelo menos um título como jogador e técnico.

9 personagens que foram campeões ingleses como técnico e jogador 

Ted Drake (Arsenal/Chelsea)

Ted Drake Arsenal Photo Topical Press Agency Getty Images
Photo Topical Press Agency Getty Images

Nascido e criado em Southampton, Ted Drake começou a carreira no time de sua cidade, onde jogou por três temporadas. Mas acabou ficando na história vestindo a camisa do Arsenal, clube pelo qual foi contratado em 1934 e acabou se aposentando em 1945.

Durante esse período, Drake teve a oportunidade de conquistar a 1ª divisão em duas oportunidades: na temporada 1934/35, onde além de campeão, o atacante se tornou o artilheiro da competição com 42 gols e também em 1937/38.

Após a sua aposentadoria, Drake treinou clubes como o Hendon e o Reading, até chegar ao Chelsea, clube no qual conquistou o título inglês da temporada de 1954/55, o primeiro da história do clube.

No dia 30 de maio de 1995, Drake acabou falecendo aos 82 anos na cidade de Wimbledon.

Bill Nicholson (Tottenham)

Photo by Norman QuickeDaily ExpressGetty Images)
Norman Quicke Daily Express Getty Images

Zagueiro e um dos grandes nomes da história do Tottenham, Bill Nicholson teve um começo de carreira bastante conturbado e não muito comum.

Ele iniciou sua trajetória em 1938 atuando pelo modesto Northfleet, onde ficou apenas uma temporada após ser contratado pelo Tottenham em 1939. Com a parada do futebol inglês por conta da Segunda Guerra Mundial, Nicholson foi convocado pelas tropas inglesas para fazer um curso de Educação Física. A partir daí, acabou sendo nomeado como instrutor das tropas durante a guerra.

Este fato acabou fazendo com que Nicholson perdesse um pouco mais que a metade de sua carreira. Tal fato não fez ele se arrepender, pois sua experiência no exército ajudou no gerenciamento de pessoas que seria importante no final de sua carreira.

Ele retornou ao Tottenham em 1946 e conquistou o titulo da 1ª divisão em 1950/51, o primeiro da história do clube.

Ele também teria participação fundamental na segunda conquista dos Spurs em 1960/61, mas agora como treinador, onde a equipe conquistou o bicampeonato após ficar oiti pontos à frente do vice-campeão Sheffield Wednesday.

Sir Alf Ramsey (Tottenham/Ipswich)

William LovelaceDaily ExpressGetty Images)
William Lovelace Daily Express Getty Images

Companheiro de Bill Nicholson, o lateral-direito Alf Ramsey também fez parte daquele elenco do Tottenham que conquistou o Campeonato Inglês de 1950/51.

Antes de chegar aos Spurs, Ramsey iniciou a sua carreira no Southampton, clube no qual atuou por seis temporadas até chegar ao clube de Londres. No Tottenham, ele acabou atuando dos anos de 1949 a 1955, quando encerrou a sua carreira.

Mais tarde no mesmo ano, Ramsey se tornou o treinador do Ipswich Town e levou o clube da 3ª para a 1ª divisão, conquistando o título de todas as divisões pelo qual treinou os Tractor Boys. A grande conquista do Campeonato Inglês veio na temporada de 1961/62, o único da história do clube após os comandados de Alf terminarem três pontos à frente do Burnley.

Em 1963, Alf deixou o Ipswich para a assumir a seleção inglesa, onde se tornou campeão da Copa do Mundo de 1966 e acabou recebendo o título de “Sir”, que só é concebido para as grandes personalidades inglesas da história.

Ramsey ainda treinou o Birmingham City e exerceu um cargo de diretor de futebol do Panathinaikos antes de se aposentar. Ele morreu aos 79 anos no dia 29 de abril de 1999.

Joe Mercer (Everton/Arsenal/Manchester City)

(Photo by P. ShirleyDaily ExpressHulton ArchiveGetty Images)
P. Shirley Daily Express Hulton Archive Getty Images

Nascido na pequena cidade de Ellesmere Port, o lateral-esquerdo Joe Mercer construiu toda sua carreira como jogador profissional em apenas dois clubes. Revelado pelo Everton em 1932, ele acabou se transferindo para o Arsenal em 1946, onde acabou se aposentando no ano de 1955.

Pelos Blues, ele acabou sendo campeão inglês na temporada de 1938/39. A equipe terminou a competição com uma vantagem de quatro pontos sobre o segundo colocado.

Pelos Gunners, Joe acabou sendo campeão inglês em duas oportunidades, em 1947/48, quando a equipe venceu a disputa contra o Manchester United e, em 1952/53, quando o Arsenal empatou em número de pontos com o Preston North End, mas levou a melhor no saldo de gols.

Mercer encerrou a sua carreira em 1955. Passou por diversos clubes como treinador, como Sheffield United, Aston Villa, Coventry e até a seleção inglesa como interino, mas seu sucesso foi mesmo no Manchester City.

Treinador do clube durante os anos de 1965 e 1971, Mercer levou os Citizens a sua 2ª conquista da liga na temporada de 1967/68, quando o clube ficou dois pontos na frente do grande rival, o Manchester United.

Ele se aposentou em 1974 e acabou falecendo no dia 9 de agosto de 1990, aos 79 anos.

Leia mais: Manipulação de resultado marcou último Liverpool x Man United antes da 1ª Guerra

Dave Mackay (Tottenham/Derby County)

Dave Mackay Tottenham FA Cup Express Collection Hulton Archive
Express Collection Hulton Archive

O meia escocês Dave Mackay foi um dos personagens do título inglês de 1960/61 dos Spurs, que eram comandados por Bill Nicholson. Ele iniciou sua carreira em 1953 atuando pelo Hearts da Escócia, onde ficou por seis temporadas até se juntar ao Tottenham.

Durante a sua carreira como jogador, ele ainda teve passagens por Derby County, onde faria história, mas como treinador. Também pelo Swindon Town, onde se aposentou e começou a sua carreira como técnico no ano seguinte.

Contratado pelo Derby em 1973, após uma passagem de curta duração no rival Nottingham Forest, Mackay não precisou de muito tempo para entrar na história do clube. Em sua segunda temporada pelo Derby, Mackay guiou os Rams para a conquista de seu 2º título nacional na temporada de 1974/75.

Após sua saída do clube em 1976, Mackay passou por diversos clubes da Inglaterra e do mundo, até encerrar a sua carreira em 1995 após dirigir a seleção do Catar. Ele morreu aos 80 anos em Edimburgo, na Escócia.

Bob Paisley (Liverpool)

Alex Livesey Collection Getty Images Sport
Alex Livesey Collection Getty Images Sport

Considerado por muitos como o maior técnico da história do Liverpool, Bob Paisley já desempenhou diversas funções ao longo de sua carreira no futebol. Além de técnico, ele também foi jogador, onde atuava como um meia de contenção, além de também ter trabalhado como fisioterapeuta.

Paisley construiu sua carreira como jogador dos Reds do ano de 1939 até 1954, onde conquistou o título da elite do futebol inglês na temporada de 1946/47.

Sua carreira como jogador nem se compara com os seus feitos como treinador. Ele iniciou a sua carreira de assistente técnico do Liverpool em 1959. Ele exerceu essa função até o ano de 1973, quando foi nomeado como o técnico da equipe principal.

Como treinador, Paisley foi o grande responsável pela maior parte dos títulos da história do Liverpool, o que credencia a ele o título da Ordem do Império Britânico (Order of the British Empire). Uma honraria concedida pelo governo britânico para aqueles que tiveram conquistas significativas para o Reino Unido.

Durante, sua passagem pelo clube, Bob conquistou 6 títulos da 1ª divisão inglesa, além de três Copas da Liga, seis títulos da Supercopa da Inglaterra, três títulos da Champions League, um da Copa da Uefa e um título da Supercopa da Uefa.

Ele faz parte de uma seleta lista de treinadores que venceram a Champions League em três oportunidades. Apenas Bob Paisley, Carlo Ancelotti e Zinedine Zidane conquistaram esse feito.

Paisley acabou falecendo no dia 14 de fevereiro de 1996, na cidade de Hetton-le-Hole, no condado de Durham.

Leia mais: A paixão “masoquista” de Robert Plant pelo Wolverhampton

Howard Kendall (Everton)

(Photo by AllsportGetty Images)
Credit Allsport Getty Images

Se Bob Paisley foi o maior técnico da história do Liverpool, podemos dizer que o mesmo se aplica para Howard Kendall, mas para o outro clube que atua na terra dos Beatles, o Everton.

Kendall, que era meio-campo, começou a sua carreira como jogador de futebol no Preston North End, onde atuou dos anos de 1963 a 1967, quando chegou ao Everton. Pelos Blues, fez parte da campanha do 7º título do clube na 1ª divisão na temporada de 1969/70, quando o Everton foi campeão incontestável com uma vantagem de nove pontos sobre o Leeds United, o 2º colocado.

Em sua carreira, Kendall ainda passou por Birmingham, Stoke e Blackburn, até voltar para uma curta passagem pelo Everton em 1981 para encerrar a sua carreira.

Já em 1981, ele acabou se tornando o novo técnico dos Blues e também acabou tendo mais sucesso na carreira de treinador do que na de jogador.

Pelo clube, ele acabou comandando as conquistas de 1984/85 e 1986/87 do Campeonato Inglês. Vale lembra que, ambas as vezes, o Everton acabou superando o seu grande rival Liverpool.

O treinador ainda teve passagens por vários times da Inglaterra e do mundo até voltar para o Everton na temporada de 1997/98, mas sem o mesmo sucesso das anteriores.

Howard Kendall acabou falecendo no dia 17 de outubro de 2015, aos 69 anos de idade.

Sir Kenny Dalglish (Liverpool/Blackburn)

Kenny Dalglish Ronnie Moran Roy Evans LiverpoolDan Smith Getty Images Collection Hulton Archive
Dan Smith Getty Images Collection Hulton Archive

Uma das grandes personalidades da história do futebol inglês, Sir Kenny Dalglish também é um dos principais nomes do Liverpool junto com Bob Paisley. Ao contrário de Paisley, grande parte de suas conquistas acabou sendo como jogador, apesar de também ter feito um enorme sucesso como treinador.

Kenny construiu toda sua carreira como atleta atuando por apenas dois clubes. No Celtic, foi tetracampeão do Campeonato Escocês entre 1971 e 1977. Já no Liverpool, acabou fazendo história conquistando inúmeros títulos entre os anos de 1977 e 1985.

Só pelos Reds, Dalglish conquistou seis títulos do Campeonato Inglês, quatro Copas da Liga, um título da Copa da Inglaterra, cinco títulos da Supercopa da Inglaterra, três Ligas dos Campeões e uma Supercopa da Europa.

Como treinador, ele comandou o clube nas conquistas de 1985/86, 1987/88 e 1989/90 do Campeonato Inglês. Acabou deixando o clube em 1991 para dirigir o Blackburn Rovers, onde também acabou fazendo história ao conquistar a Premier League de 1994/95.

Kenny teve uma passagem mais recente pelo Liverpool na temporada de 2011/12. Conquistou o último título doméstico da história do clube ao levantar a taça da Copa da Liga Inglesa sobre o Cardiff City.

Nos dias atuais, Kenny Dalglish encontra-se aposentado mas é figura frequente nos jogos do Liverpool, tanto dentro quanto fora de casa.

Leia mais: Manipulação de resultado marcou último Liverpool x Man United antes da 1ª Guerra

George Graham (Arsenal)

George Graham Arsenal Ben Radford Collection Getty Images Sport
Ben Radford Collection Getty Images Sport

Apesar de ter atuado pelo Chelsea e ter treinado o Tottenham no final de sua carreira, George Graham foi uma figura importante na história do Arsenal, onde ganhou títulos como treinador e jogador.

Graham chegou ao Arsenal em 1966 após uma passagem pelo Chelsea e permaneceu no clube até o ano de 1972. Como jogador, participou das conquistas do Campeonato Inglês de 1970/71, da Copa da Inglaterra de 1970/71 e da Taça das Cidades com Feiras de 1969/70, que é antecessora da copa da Uefa.

Com passagem em Manchester United, Portsmouth e Crystal Palace, Graham encerrou a sua carreira de jogador em 1978. Iniciou a de treinador em 1982 pelo Milwall, onde ficou por quatro temporadas até chegar ao Arsenal.

Pelos Gunners, ele comandou os títulos das temporadas de 1988/89 e 1990/91 do Campeonato Inglês, além da Copa da Inglaterra, a Copa da Liga e a Supercopa da Inglaterra. Ele deixou o clube em 1995 e teve passagens pelo Leeds e pelo Tottenham antes de encerrar a carreira.