Campeão do Mundo coloca Brasil como favorito no Catar

1 minuto de leitura

O alemão Toni Kroos, astro do Real Madrid e campeão da Copa do Mundo em 2014, revelou seu favorito para ganhar o Mundial do Catar em 2022. Em seu podcast, o meio-campo falou que para vencer, o Brasil é o mais preparado, citando seus companheiros brasileiros de equipe espanhola:

“O Brasil é meu favorito. Está ganhando tudo no momento. Há três ou quatro de nossos meninos que vejo todos os dias e acho que são muito bons”.

No Real Madrid, Kroos tem a companhia de Eder Militão, Rodrygo e Vinícius Jr., que fazem parte da seleção brasileira. Casemiro, o titular do Brasil e foi companheiro do alemão por sete anos no time espanhol, também estará no Catar com a seleção canarinha.

Toni Kroos não faz mais parte da seleção alemã, se aposentando após a Eurocopa de 2020, quando o time foi eliminado nas oitavas de final para a Inglaterra, por 2 x 0. A escolha do jogador também foi em resposta ao treinador Joachim Low, que pregava renovação no elenco do time, também saindo da Alemanha após a eliminação.

“Joguei pela Alemanha 106 vezes. Não haverá outra vez. Desejei muito e dei tudo para serem 106 partidas e que este grande título, o Campeonato Europeu, fosse conquistado no final. Principalmente porque quero me concentrar totalmente nos meus objetivos com o Real Madrid nos próximos anos. Além disso, a partir de agora vou me permitir, de forma deliberada, pausas que não existiam como jogador da seleção há onze anos. Foi uma grande honra para mim poder usar esta camisa durante tanto tempo. O fiz com orgulho e paixão”.

A Alemanha está no grupo E, com a Espanha, Costa Rica e Japão. Em suma, a seleção estreia no dia 23/11, contra os japoneses, as 10h (horário de Brasília). Depois, encara a Espanha no dia 27/11 e para fechar, a Costa Rica no dia 1/12, ambos as 16h (horário de Brasília).
Foto destaque: Reprodução/FIFA
Robert Ferreira
Robert Ferreira

Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!