O grande início de temporada de Calvert-Lewin no Everton

Camisa 9 do time de Ancelotti é destaque no início de 2020/2021

Calvert-Lewin
CATHERINE IVILL/POOL/AFP via Getty Images

A temporada 2020/2021 da Premier League começou com uma surpresa, a liderança do Everton na competição. Foram quatro jogos, quatro vitórias e 12 gols marcados para a equipe de Carlo Ancelotti. E um dos grandes responsáveis pelo início arrasador dos Toffees, é o atacante Calvert-Lewin.

O inglês vive um momento iluminado. Ele divide a artilharia da competição com Heung- Min Son com seis gols anotados em quatro jogos na Premier League. Além disso, Calvert-Lewin marcou outros três gols na Copa da Liga Inglesa. O atacante já soma nove tentos em apenas seis jogos na temporada 2020/2021.

O grande início de temporada de Dominic Calvert-Lewin no Everton

O período antes do brilho

No entanto, o camisa 9 do Everton nem sempre viveu uma excelente fase. Antes da chegada de Ancelotti no comando da equipe, o inglês teve dificuldades. Os Toffees não tinham uma forma de jogar que pudesse potencializar os atacantes. Por conta disso, o seu desempenho acabou sendo bem discreto.

A equipe não conseguia apresentar fluidez no ataque. Faltava uma melhor compactação ofensiva e verticalização do jogo.

E isso pode ser comprovado pelos números ofensivos do time com Marco Silva. Em 15 jogos sob o comando do técnico português, o Everton marcou apenas 15 gols (média de um gol por jogo). Neste período, Calvert-Lewin balançou as redes em apenas três oportunidades.

PAUL ELLIS/AFP via Getty Images

Além disso, o time teve um baixo desempenho na competição como um todo. Foram quatro vitórias, dois empates e nove derrotas. Um aproveitamento de apenas 31% dos pontos.

Leia mais: Richarlison é eleito melhor jogador do Everton na temporada 2019/2020

O momento da transformação: a chegada de Carlo Ancelotti nos Toffees

Com um rendimento abaixo das expectativas, o Everton demitiu o técnico português Marco Silva e foi atrás do multicampeão Carlo Ancelotti. Em pouco tempo no clube, o treinador italiano mudou a forma do time jogar.

Ancelotti começou a escalar o time com dois jogadores na referência. Porém, o italiano fazia variações. Hora escalava o time com uma linha de três e cinco homesn no meio-campo, mas também utilizava duas linhas de quatro em um 4-4-2.

O novo estilo de jogo acabou potencializando os jogadores do ataque. E o grande beneficiado por essa mudança foi Dominic Calvert-Lewin.

Carlo Ancelotti não só impactou diretamente no jogo do atacante, mas em toda a equipe. Com o treinador italiano, os Toffees tiveram um melhor desempenho em campo e um aproveitamento de 50% dos pontos disputados. Em 20 jogos o Everton teve oito vitórias, seis empates e seis derrotas.

Ian MacNicol/Getty Images

Números de Calvert-Lewin com Marco Silva na Premier League:

15 jogos: três gols e nenhuma assistência.

Média de 0,2 gols por partida.

Desempenho de Calvert-Lewin na Premier com Carlo Ancelotti:

20 jogos: oito gols e uma assistência.

Média de 0,4 gols por partida.

Números totais do inglês na Premier League 2019/2020:

36 jogos: 13 gols e uma assistência (*dois dos 13 gols marcados foram sob o comando do interino Duncan Ferguson).

Média de 0,36 tentos por jogo.

Leia mais: Guia do Everton na Premier League 2020/2021

Com um elenco reforçado, Calvert-Lewin pode ser ainda mais crucial para o Everton

Depois de uma temporada 2019/2020 decepcionante, a equipe de Liverpool resolveu abrir o bolso última janela de transferências para fortalecer o plantel. O Everton trouxe os meio-campistas James Rodriguez, Abdoulaye Doucouré e o brasileiro Allan, e também fecharam com o jovem zagueiro Ben Godfrey, ex-Norwich.

Com jogadores de maior repertório técnico ao seu lado, Calvert-Lewin será ainda mais acionado. E os números da atual campanha podem evidenciar isso. Nesta temporada, o atacante tem uma média de 30,5 toques por jogo. Já em 2019/2020, ele teve apenas 27,9.

Além disso, chama atenção o número de finalizações por partida. Em 2019/2020, o atacante teve uma média de 1,9 arremates por jogo. Um número bem inferior em comparação aos 3,3 chutes por jogo do período atual. O atacante participou diretamente de 50% dos gols do Everton na Premier League.

Números na competição até o momento:

– 16 chutes (nove no gol);

– 60% de aproveitamento nas finalizações;

– 57 minutos para anotar um gol;

– 2,6 chutes para marcar um gol.

Leia mais: Empolgação se justifica e James Rodríguez vira protagonista no Everton

Estilo de jogo de Calvert-Lewin

Olhando pelos aspectos táticos, Calvert-Lewin é um atacante que participa pouco do jogo. O jogador inglês não tem a característica de auxiliar na construção ofensiva do time com movimentos de apoios. O atacante gosta de se posicionar entre os zagueiros para fazer os desmarques e atacar o espaço vazio. O inglês consegue ser muito eficiente em jogadas de pivô, acionando outros jogadores de ataque e os meio-campistas que chegam de frente para o gol.

Outro ponto a ser destacado são as situações em jogo direto. Por ter uma boa estatura (187cm) e por ser um jogador forte, Calvert-Lewin pode receber a bola em jogadas longas, principalmente em momentos de marcação-alta do adversário no campo defensivo e aliviar a pressão.

As famosas “casquinhas” também fazem parte do seu repertório ofensivo. Nessas ocasiões, o atacante inglês pode conectar os jogadores das extremidades que correm em diagonal e ocupam o espaço deixado por ele.

Seleção inglesa

O bom momento de Calvert-Lewin deu a ele uma grande oportunidade. O técnico da seleção inglesa, Gareth Southgate, convocou a equipe para uma sequência de amistosos internacionais diante do País de Gales e da Nova Zelândia. E pela primeira vez em sua carreira, o atacante foi selecionado para fazer parte dos Three Lions.

E em seu primeiro teste com a camisa dos Three Lions, Calvert-Lewin já deu o seu cartão de visitas. Gol e vitória por 3 a 0 contra o País de Gales em Wembley.

Nick Potts – Pool/Getty Images

Agora, Calvert-Lewin soma dez gols em sete partidas na temporada contando jogos de clubes e seleção. Um início arrasador do jovem inglês, que pode alcançar voos maiores nesta temporada.

Estatísticas: SofaScore 

Acompanhe a PL Brasil no YouTube!

  • PL RESPONDE #15 | EVERTON PODE CHEGAR À CHAMPIONS?