Callum Hudson-Odoi: por que o Chelsea não pode vender sua joia

Jovem promessa dos Blues merece mais tempo de jogo

hudson-odoi

Callum Hudson-Odoi é, sem dúvida, uma das melhores promessas neste momento, com o Bayern de Munique a aumentar as suas propostas para o extremo inglês.

Com os alemães a aproximarem-se dos 40 milhões de libras, é possível que Hudson-Odoi torne-se o mais recente jogador inglês a promover o seu desenvolvimento na Alemanha – depois de Jadon Sancho, Ademola Lookman e Reiss Nelson.

Callum Hudson-Odoi: por que o Chelsea não pode vender sua joia

O jovem pode muito bem seguir os passos de Mohamed Salah e Kevin De Bruyne, que deixaram o Chelsea por pouco tempo, antes de voltar para a Inglaterra e se tornarem jogadores-chave para seus rivais. Então, por que o Chelsea deve fazer tudo o que puder para garantir que Hudson-Odoi permaneça em Londres?

Leia mais: Conheça Emile Smith Rowe, uma das grandes promessas do Arsenal

Justin Setterfield Collection Getty Images Sport
Justin Setterfield Collection Getty Images Sport

Hudson-Odoi, assim como Sancho durante seu período nos times juvenis do Manchester City, é basicamente um jogador do lado esquerdo. Apesar disso, se sente confortável trabalhando no lado oposto.

Ele é razoavelmente alto (1,78m) e é explosivamente rápido, mas é a inteligência de seu futebol que realmente se destaca quando o vê jogar.

Apesar de ter apenas 18 anos, Hudson-Odoi possui uma inteligência além de seus anos, muitas vezes tentando encaixar um passe espetacular ou usar o atacante para um 1-2, causando confusão para os defensores adversários.

Além disso, Hudson-Odoi tem o potencial para se tornar um dos melhores extremos da Europa nos próximos anos. Ele é um driblador fantástico, e mesmo quando ele corre na velocidade máxima, ele mantém a bola colada aos seus pés, segurando os defensores com sua força impressionante, e enganando os zagueiros com sua reviravolta explosiva.

Além disso, ele é um pesadelo para se defender no um contra um, podendo facilmente bater um adversário, seja na Euro sub-17 ou na Liga Europa

Foto: Getty

Leia mais: Como Mason Mount pode se tornar o futuro do Chelsea?

Ele exala confiança cada vez que joga. Os fãs do Chelsea não querem apenas que Hudson-Odoi jogue mais porque ele é um produto da academia; eles querem que ele jogue mais porque ele é o segundo melhor ponta do clube. Willian registrou quatro gols e seis assistências em 26 jogos nesta temporada, enquanto Pedro registrou seis gols e duas assistências em 23 jogos. 

Os torcedores estão ficando frustrados pela falta de rotação de Maurizio Sarri, bem como a falta de tempo de jogo para os jovens como Ethan Ampadu e Andreas Christensen, apesar de seu talento óbvio. 

Odoi pode oferecer a ameaça de gol e o poder de fogo no terço final do campo, algo que tem ficado em falta para o Chelsea nesta temporada, com a equipe marcando apenas 11 gols nos últimos nove jogos.

Sarri notou o potencial óbvio do inglês, dizendo: “ele tem potencial para se tornar um jogador muito importante, não só para o futebol inglês, mas para o futebol europeu”.

hudson-odoi

No entanto, ele citou a necessidade do jovem inglês de melhorar e explicou uma das coisas que sempre soubemos. Os dirigentes do Chelsea priorizam vitórias sobre os jovens em desenvolvimento. 

Não há paciência suficiente no topo do comando para fazer o contrário. O Bayern, tendo tomado conhecimento do grande sucesso que jovens ingleses como Sancho e Nelson, está tentando outro talento da Premier League. 

Leia mais: Como Declan Rice pode se encaixar na seleção inglesa 

Com Coman a parecer mais lesionado do que nunca, com Robben a sair e com Ribéry a deixar o seu auge, o Bayern precisa de um novo atacante. Hudson-Odoi seria o complemento perfeito para a sua “revolução jovem”.

Se o Bayern pode reconhecer o talento de Hudson-Odoi, por que o Chelsea não pode? Com Pedro e Willian mais velhos e o Chelsea faminto de um artilheiro, agora é o momento perfeito para amarrar o jovem a um novo contrato.

Se o Chelsea contratar um atacante central, o adolescente inglês pode lutar contra Pulisic por uma vaga inicial. Se não o fizerem, então ele pode potencialmente formar uma frente de três com Hazard e Pulisic, com um deles atuando como um falso 9.

No entanto, parece ainda mais provável que Callum Hudson-Odoi se junte à longa lista de prodigiosos talentos que deixaram Stamford Bridge para obter o tempo de jogo necessário. Todos sabem que o Chelsea está prestes a cometer um erro imperdoável.

Texto originalmente escrito por Darren Walsh, do Breaking The Lines. Para ler em inglês, clique aqui.