Caio Henrique – Mercado da bola, transferências, rumores e estatísticas

Caio Henrique Oliveira Silva, ou simplesmente Caio Henrique, é um jogador de futebol brasileiro que joga como lateral-esquerda. A saber, o jogador nasceu no dia 31 de julho de 1997, no Rio de Janeiro e atualmente defende as cores do Mônaco, da França.

No texto, conheceremos ainda mais da história do brasileiro, o mercado da bola exemplificando cada clube por onde passou, e os rumores de sua carreira.

Caio Henrique – Início de carreira

A princípio, o atleta começou a dar seus primeiros passos na divisão de base do Santos, com oito anos de idade. Após isso, com 18 anos, se mudou ao Atlético de Madrid, e por lá, jogou ainda no sub-20 e time B do espanhol.

Trajetória, conquistas e highlights de Caio Henrique

Decerto, o jovem apareceu como profissional apenas em 2016, já jogando com a camisa do Atlético de Madrid. Entre aparições no elenco principal, e partidas pelo time B, Caio Henrique nunca conseguiu se firmar no time espanhol.

O jogador não tem títulos como profissional, mas voltou ao Brasil com 20 anos, para jogar no Paraná. Por lá, o antigo meia camisa 10, jogou bem e chamou a atenção do Fluminense, onde brilhou com a camisa tricolor carioca. Com a parceria do treinador Fernando Diniz, virou lateral e se firmou.

Após a boa temporada em 2019, o jogador se transferiu ao Grêmio, mas não jogou por conta da paralisação da pandemia, em 2020. Em setembro deste ano, o Mônaco comprou o jogador do Atlético de Madrid.

Rumores, transferências e mercado da bola de Caio Henrique

Naturalmente, cada ano que passa, Caio Henrique vai se tornando um jogador completo. Assim, após conseguir fazer grandes atuações pelo Mônaco, o lateral-esquerdo evoluiu tanto no sistema defensivo, quanto ofensivo. Confira os detalhes de cada transação no mercado da bola.

Atlético de Madrid

Decerto, no time espanhol, o jogador não se firmou nos profissionais por conta da pouca idade. Dos 18 aos 20 anos, Caio passou no time B, mas com poucas partidas. Somente um jogo oficial é contabilizado.

Paraná

Portanto, em 2018, o jovem meia atuou por 27 partidas no ano, entre o Estadual e a Série B. Caio chamou atenção por bons jogos, apesar de não conseguir ajudar o time no acesso e não marcar gols.

Fluminense

Em suma, Caio Henrique teve seu melhor momento no futebol com a camisa do time carioca. Chegando em janeiro de 2019, o jovem atuou poucas partidas no meio campo. Entretanto, foi com o treinador Fernando Diniz que teve sua melhor parceria e desempenho.

Nas mãos do brasileiro, virou lateral-esquerdo, muitas vezes como ala, mas dominando a posição como poucos. Foram 43 partidas, um gol e três assistências. No fim do ano, o time entrou em negociação com os espanhóis de Madrid, mas não conseguiram mantê-lo.

Grêmio

Decerto, o clube do sul do país fez uma proposta melhor ao Atlético e venceu a concorrência do Flu, levando Caio. Entretanto, o futebol teve que parar por conta da pandemia e a passagem do lateral foi curta, com somente cinco jogos oficiais.

Mônaco

Portanto, o time do principado pagou cerca de 8 milhões de Euros, pelo desempenho que Caio teve no Flu e o levou em julho de 2020. Na época, o futebol voltava a acontecer na Europa e por isso, o jogador também aceitou o acordo. A sua primeira temporada foi muito boa e os rumores de uma saída para o PSG e até Barcelona, apareceram.

Por lá, agora Caio é titular e um dos mais experientes do atual elenco. Em suma, são 85 jogos, dois gols e incríveis 18 assistências.

Atualmente, não existem rumores de sua saída da equipe. Com dois anos de clube, a tendência é de que permaneça ainda mais.

Foto destaque: Reprodução/ASM