Bruce abre o jogo sobre a possível saída de Sam Johnstone

Bruce abre o jogo sobre a possível saída de Sam Johnstone
Foto: Reprodução/Naomi Baker/Getty Images

A princípio, uma possível saída de Sam Johnstone do West Bromwich não é nenhuma novidade. Aliás, é uma possibilidade muito fácil de acontecer por conta da qualidade que o goleiro mostrou nas últimas temporadas. Contudo, o time de Steve Bruce pode perder o atleta por outros motivos.

Primeiramente, o contrato do goleiro se encerra no dia 30 de junho desse ano. Ou seja, já poderia ter assinado uma extensão contratual há tempos. Porém, um dos principais motivos da possível saída é o desempenho do West Bromwich, que provavelmente ficará na Championship mais um ano.

Sendo assim, o treinador dos Baggies, Steve Bruce, abriu o jogo sobre a situação de Sam Johnstone, admitindo que é muito provável que ele deixe o clube. Seu desempenho chama atenção de muitos clubes, mas o fato de que poderá reforçar algum elenco de graça é ainda mais chamativo. Portanto, Manchester United, Tottenham e, claro, Newcastle, aparecem como interessados na transferência do atleta.

“A probabilidade é que Sam vá embora, mas já vi o suficiente do garoto (Palmer), e Button já jogou o suficiente para eu saber que ele é um goleiro muito, muito decente.”, disse o treinador em entrevista coletiva.

Além disso, vale ressaltar a disputa por uma vaga na próxima Copa do Mundo. Pois, o goleiro de 29 já foi convocado pela Inglaterra de Gareth Southgate em algumas oportunidades. Em contrapartida, a queda de sua equipe para a 2ª divisão e as boas atuações de seus concorrentes o tiraram das convocações. Atualmente, os três ingleses da Seleção Inglesa é Jordan Pickford, Aaron Ramsdale e Nick Pope.

Sam Johnstone na carreira

Antes de mais nada, o goleiro nunca conseguiu encontrar espaço no clube que o revelou: o Manchester United. Portanto, foi emprestado para sete clubes diferentes entre 2011 e 2017. Após boa temporada no Aston Villa, em 2017/18, o West Bromwich contratou Johnstone por 7.35 milhões de euros.

Dessa forma, com a camisa dos Baggies, o atleta alcançou a Seleção Inglesa, a qual já defendia desde as categorias de base. Além disso, chamou a atenção por diversas partidas de altíssima qualidade. Uma dessas atuações foi contra o Manchester City, no empate por 1 x 1, na Premier League da temporada passada.