Bristol City pensando apenas no futuro

Bristol City pensando apenas no futuro
Bristol City pensando apenas no futuro. Foto: (Divulgação/ Bristol Live)

A saber, o Bristol City conta com um grande reforço para o jogo da tarde desta terça-feira (19). Isto é, o treinador Nigel Pearson está de volta aos gramados do Ashton Gate. Nesse sentido, o jogo da 13ª rodada tem um tempero a mais para os Robins.

Assim sendo, a equipe vem de bons resultados, porém tropeçou contra o líder na última rodada da Championship. Embora, o desempenho do time venha agradando os torcedores, o grupo sabe que ainda há muito para melhorar até o final da competição.

Bristol City na Championship

Em primeiro lugar, no encontro de hoje, tanto para os Robins quanto para os Reds, só o triunfo importa neste jogo. Dessa maneira, as equipes buscam a vitória nesta importante rodada. Sem dúvida será um jogo de fortes emoções. Afinal, o Bristol City tem o mando de jogo e briga por posição no campeonato, e o Nottingham busca manter a sequência sem perder.

A princípio, as últimas rodadas foram ruins para os donos da casa. Diante disso, já são dois empates e uma derrota. Logo, perderam para o Millwall, fora de casa, e empataram com Fulham e Luton Town. Além disso, a equipe ganhou do Peterborough United e perdeu para o líder Bournemouth .

Nigel Pearson, união e comando dos Robins

Bristol City pensando apenas no futuro. Foto: (Divulgação/
Bristol City pensando apenas no futuro. Foto: (Divulgação/

A saber, o favorito para a partida deve ser o Nottingham Assim sendo, o retrospecto aponta para desvantagem dos Robins. Além disso, o visitante chega com sequência positiva contra o adversário direto da tabela.

Sem dúvida, Nigel Pearson sabe do tamanho do jogo nesta 13ª rodada. Sendo assim, o coach falou em entrevista ao portal Bristol Live. De fato, em busca do pelotão de elite na tabela ao Bristol City só o triunfo vale. Por fim, o elenco conta com o entrosamento do grupo e união para alcançar novos resultados positivos na EFL.

“Sabemos que podemos melhorar, controlar mais a posse de bola e criar jogadas de perigo. Quero que a equipe faça um jogo do qual possa se orgulhar”, disse Pearson.