Brasileiros ‘somem’ e Kluivert alcança marca história do pai em show do Bournemouth contra o Fulham

4 minutos de leitura

O Bournemouth venceu o Fulham nesta terça-feira (26), no Vitaloty Stadium, na rodada de Boxing Day da Premier League. Justin Kluivert abriu o placar, Dominik Solanke ampliou e Luis Sinisterra fechou o 3 a 0 em cobrança de pênalti.

O resultado fez os Cherries subirem para a 10ª posição e deixarem os Cottagers para trás, na 13ª. Já são sete jogos invictos para o Bournemouth do goleiro Neto.

Brasileiros sumidos no Fulham e marca histórica de holandês

Andreas Pereira – 5,5

Boa parte das esperanças do Fulham estavam nas escalações de Andreas Pereira e Rodrigo Muniz no setor ofensivo. O ex-Flamengo passou longe de corresponder, levou um cartão amarelo e foi substituído no segundo tempo.

Rodrigo Muniz – 5,5

Pode-se dizer coisa parecida do centroavante. Na mira do Atlético-MG, Muniz foi titular e não fez a menor diferença — só acertou um chute no gol.

Carlos Vinícius – 5,5

Foi ele o escolhido para entrar no lugar do Andreas e tampouco conseguiu fazer a diferença para os visitantes.

Willian sofre com uma lesão muscular desde a partida contra o West Ham, há 10 dias, e é desfalque. No entanto, ele deve estar à disposição para encarar o Arsenal.

Neto – 7,0

Por outro lado, o goleiro brasileiro do Bournemouth teve uma atuação segura. Ele fez três defesas e saiu de campo com uma importante ‘clean sheet'.

Justin Kluivert – 7,0

O último gol do craque holandês Patrick Kluivert na Premier League foi marcado em 2005, com a camisa do Newcastle, contra o Fulham. Dezoito anos depois, seu filho abriu o placar contra o mesmo adversário, sendo o principal jogador de uma vitória fundamental dos Cherries.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]