Brasileiros brilham na defesa, Chelsea é superior ao Sheffield e volta a vencer

4 minutos de leitura

O Chelsea venceu o Sheffield United por 2 a 0, pela 17ª rodada da Premier League 2023/24, neste sábado (16). Os gols no Stamford Bridge foram marcados por Cole Palmer e Nicolas Jackson.

As equipes fizeram um primeiro tempo sonolento, sem grandes oportunidades de gol em nenhum dos lados. O Chelsea teve amplo domínio da posse de bola, permitindo ao Sheffield chegar na áreas pouquíssimas vezes. Os Blades, por sua vez, fizeram um ótimo trabalho de marcação e desarme, impedindo os Blues de criarem chances claras de abrir o placar.

Na persistência, Chelsea passa pela defesa do Sheffield

A melhor oportunidade para o time da casa na etapa inicial foi aos 14 minutos, com um chute de fora da área de Gallagher, mas o goleiro Foderingham conseguiu defender.

As equipes voltaram do intervalo com a mesma proposta de jogo, mas ficou para trás quem cansou primeiro. Aos nove minutos, Cole Palmer participou de uma bela jogada com Sterling, que devolveu um passe rasteiro na área para o camisa 20 abrir o placar.

E aos 16, Nicolas Jackson recebeu a bola de Palmer, em um lance muito parecido ao do primeiro gol, mandando a bola para o fundo das redes e coroando a vitória dos Blues. Com o resultado, o Chelsea volta a vencer depois de duas rodadas de derrotas e o Sheffield segue na lanterna da tabela.

Como foram os brasileiros em Chelsea x Sheffield United

Thiago Silva – 7,0

Mais uma grande partida do brasileiro do Chelsea. Thiago Silva teve grande atividade na defesa e no meio-campo dos Blues, contribuindo o início das jogadas de ataque. Segundo a plataforma “Sofascore”, o camisa 6 acertou 96% de seus 117 passes no jogo, realizou quatro interceptações, dois cortes, um desame, lançou cinco bolas longas e venceu três de quatro duelos.

Vinicius Souza – 6,0

Vinicius Souza foi o melhor jogador do Sheffield United. Com a equipe indo para o jogo fechada, o brasileiro foi muito seguro na defesa e se saiu bem desarmando os adversários. Ele venceu oito de nove duelos e realizou sete desarmes.

Gustavo Hamer – 5,5

Com a defesa do Chelsea em um grande dia, o brasileiro naturalizado holandês teve muita dificuldade para sair pro ataque e ser decisivo como fez em outras oportunidades. Hamer perdeu a bola dez vezes e conseguiu finalizar apenas uma vez, em uma cobrança de falta. Com sinais de cansaço, foi substituído aos 18 minutos do segundo tempo.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Me formei em Jornalismo pela PUC-SP em 2020. Antes de escrever para a PL Brasil, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.