‘Sem pena’, Arsenal faz goleada histórica com gol brasileiro e lei do ex ‘pesada’

4 minutos de leitura

O Arsenal voltou a campo neste domingo (11) ao visitar o Aston Villa, no Villa Park, em partida válida pela 24ª rodada da Premier League. O jogo terminou em 6 a 0, com gols de Gabriel Magalhães, Saliba, Saka (dois), Rice e Trossard.

Entre os brasileiros para o jogo, a dupla de Gabriel Magalhães e Martinelli começaram pelos Gunners, enquanto o ítalo-brasileiro Emerson Palmieri foi titular pelos Hammers. Jorginho começou no banco.

Outros dois brasileiros foram baixa: Gabriel Jesus, com lesão no joelho, pelo Arsenal, e Lucas Paquetá, com lesão na panturrilha, pelo West Ham.

Amasso do Arsenal

Os Gunners não tomaram conhecimento dos rivais londrinos desde o início do jogo. O primeiro tempo já foi de ampla superioridade: 72% de posse de bola, 15 finalizações e cinco grandes chances criadas, resultando em quatro gols.

O segundo tempo foi mais “comedido” por parte do time de Mikel Arteta: 67% de posse de bola e X finalizações, mas ainda assim somaram outros dois gols. E a principal arma foi a bola parada.

West Ham United v Arsenal – Premier League – London Stadium
Foto: Icon Sport

Os dois zagueiros, Gabriel Magalhães e William Saliba, marcaram na primeira etapa a partir de cruzamentos: o primeiro de escanteio e o segundo de falta. Saka, ainda na primeira etapa, marcou de pênalti.

Rice foi o grande destaque da partida: deu assistência para os gols de Saliba e Magalhães e ainda marcou um belo gol de fora da área para fechar o placar em 6 a 0. Saka. Odegaard também deu duas assistências e Saka marcou duas vezes.

Do lado do West Ham, torcedores deixaram o estádio ainda no primeiro tempo, incrédulos com o 4 a 0 antes dos 45 minutos. Paquetá também foi lembrado, com a torcida pedindo seu retorno e sentido sua falta em um clássico para se esquecer.

Destaques de West Ham x Arsenal

Declan Rice – 9

West Ham United v Arsenal – Premier League – London Stadium
Foto: Icon Sport

Astro do jogo, deu duas assistências e marcou um belo gol. Acertou 80% dos cruzamentos, teve três ações defensivas e teve sucesso em 93% dos seus passes antes de sair do jogo, aos 67 minutos.

Bukayo Saka – 9

Saka foi a arma mais perigosa do Arsenal no jogo: chutou oito vezes em direção ao gol dos Hammers, marcou dois gols e ainda recuperou seis bolas e venceu seis disputas.

Martin Odegaard – 8,5

Garçom, o norueguês deu duas assistências e acertou 95% dos seus passes em mais de 100 tentativas, além de ter criado sete chances ao longo do jogo.

Gabriel Magalhães – 8

Vivendo uma fase goleadora, o zagueiro brasileiro marcou um gol e foi uma força na defesa, com oito ações defensivas e venceu 67% de seus duelos no chão.

Gabriel Martinelli – 7

Mais apagado do que o restante do time, Martinelli teve duas finalizações e ainda criou três chances, mas não teve um jogo tão positivo nos dribles e em jogadas individuais.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]