Braithwaite não pensa em sair do Barcelona

Braithwaite não pensa em sair do Barcelona
Foto Destaque: Divulgação/ FC Barcelona

Martin Braithwaite, atacante do Barcelona e da Seleção da Dinamarca, não pensa em sair do Barça na próxima temporada. Em resumo, nesta quarta-feira (25), o atleta de 30 anos disse em entrevista que possui mais dois anos de contrato e quer cumprir esse tempo na Catalunha.

Braithwaite quer permanecer no clube 

Antes de mais nada, Braithwaite iniciou a temporada 2021/22 como titular. Dessa forma, escalado como ponta-esquerda, o dinamarquês marcou dois gols e deu uma assistência. Contudo, no jogo contra o Getafe, Martin sofreu uma lesão no joelho. O jogador voltou em janeiro. Além disso, recebeu apenas duas oportunidades com Xavi no comando.

Assim, nesta quarta-feira (25), após o treino da Seleção da Dinamarca, Martin Braithwaite disse em entrevista para a TV2 que quer continuar no clube:

“Deixar o Barça? Não é algo que eu pense. Ainda tenho dois anos no Barcelona. No futebol nunca se sabe o que pode acontecer, mas estou muito calmo com isso”

Segundo alguns jornais da Espanha, Braithwaite faz parte dos jogadores que não estão nos planos de Xavi e que deve buscar uma nova equipe para a temporada 2022/23. Entretanto, o atacante busca fazer uma boa pré-temporada com o Barça e mudar a ideia do treinador. Por fim, com o espanhol no comando, Martin possui 22 minutos em campo.

A trajetória de Martin na Equipe

Braithwaite chegou no Barcelona em fevereiro de 2020. Naquela ocasião, com a lesão de Luis Suárez, o Barça conseguiu comprar o jogador fora da janela de transferências.

Naquela ocasião, a equipe da Catalunha pagou 18 milhões de euros no dinamarquês, que atuava no Leganés. Mesmo com os torcedores não acreditando no jogador, Braithwaite mostrou um bom rendimento nas partidas.

A 2020/21 foi a temporada em que o atleta recebeu mais oportunidades. Naquela época foram 42 jogos, sete gols e quatro assistências.

Com a grave lesão e a chegada de Xavi, Martin perdeu espaço, mas quer continuar e mostrar para o treinador na pré-temporada que merece permanecer na Catalunha. Por fim, com a camisa do Barcelona, são 58 jogos, dez gols e cinco assistências.

Foto Destaque: Divulgação/ FC Barcelona