Borussia Dortmund: por que Bellingham não jogou partida do ‘título’?

4 minutos de leitura

O Borussia Dortmund jogou praticamente uma final de campeonato neste sábado (27), quando enfrentou o Mainz pela última rodada da Bundesliga. Uma vitória garantia o título, mas os aurinegros empataram e viram o Bayern erguer a taça. O time não teve seus dois principais jogadores entre os titulares: Marco Reus e Jude Bellingham.

O meia alemão ainda entrou no final do primeiro tempo ao substituir Adeyemi, lesionado. No entanto, a ausência de Bellingham foi questionada pela imprensa e por torcedores, e o técnico Edin Terzic revelou depois do jogo: ele pediu para não jogar.

Jornais ingleses criticaram a “perda do título” por parte do Borussia Dortmund e ainda usaram termos como “bottled” (“pipocou”, em tradução livre), que também faz referência à atitude de Bellingham em entregar garrafas d’água durante a partida.

Bellingham pediu para não jogar

O técnico do Dortmund revelou que foi o próprio jogador que pediu para ficar de fora da partida que decidia o título da Bundesliga. Ele vinha se recuperando de lesão e indicou que não estava 100% apto para o confronto, e então sugeriu que outro fosse titular.

Bellingham, meia da Inglaterra e do Borussia Dortmund - Foto: Twitter @England
Foto: Twitter @England

— Bellingham parecia bastante bem na sexta-feira, mas ele veio até mim ontem, horas antes do jogo, e me informou em particular que não estava 100% apto para ajudar a equipe e que seria melhor que outra pessoa jogasse em seu lugar. Ele trabalhou muito duro nos últimos dias para estar em campo. Mas ele também não se sentiu bem durante o aquecimento antes do jogo – disse Terzic.

A ideia do comandante aurinegro era dar alguns minutos ao meia durante a partida, mas o desenrolar do confrontou não favoreceu a sua causa. O Borussia Dortmund perdia por 2 a 0 já aos 25 minutos do primeiro tempo e só conseguiu empatar aos 96.

— Eu queria dar alguns minutos a Bellingham, mas então o jogo se tornou difícil e queríamos fazer uma substituição muito ofensiva para tentar reverter a situação, por isso ele acabou não jogando – revelou o treinador.

O jovem inglês não deve mais jogar pelo Dortmund, uma vez que tem sua ida ao Real Madrid praticamente acertada. Diversos veículos da Europa reforçavam, dias antes do jogo, que as partes apenas esperavam a decisão do campeonato alemão para que Bellingham assinasse seu contrato com o clube espanhol.

Terzic não esqueceu de agradecer pela contribuição do meio-campista, um dos principais responsáveis pelas chances reais de tpitulo do Borussia até a última rodada. Ele elogiou o inglês, que esteve com a braçadeira de capitão em diversas oportunidades e, segundo o comandante, foi uma das principais razões pelas quais o clube teve a possibilidade de vencer a Bundesliga.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]