Por que Bobby Firmino pode ser considerado como um dos melhores jogadores da atualidade?

Atacante do Liverpool reúne grandes qualidades e vive ótima fase

Por que Bobby Firmino pode ser considerado como um dos melhores jogadores da atualidade?

De origem humilde, com uma história de vida emocionante de perseverança e luta (e atualmente sendo o dono do sorriso mais branco do planeta), o alagoano Bobby Firmino, do Liverpool e da Seleção Brasileira, pode sim ser considerado um dos melhores jogadores da atualidade.

Muito contestado até poucos tempo atrás, ele é peça importantíssima das boas campanhas do Liverpool, não só pela Premier League, mas também pela Champions League).

 

O que faz um jogador ser um dos melhores? Quantidade de gols e assistências? “Dibres”? Participação no ataque? Criação de oportunidades? Técnica? Participação defensiva? O fato é que: em todas essas possibilidades levantadas, Bobby Firmino preenche as lacunas.

O ponta de lança é reconhecido não só pelos fãs de esportes, mas também pelo seu atual treinador, Jürgen Klopp, como um jogador versátil e decisivo. É verdade sim que Bobby alterna entre bons e maus momentos, mas sempre que está brilhando pelos campos, chama muita atenção.

Leia mais: Os 10 maiores holandeses da era Premier League

E teve destaque por onde passou: no CRB onde começou; no Figueirense onde ajudou a equipe a voltar para a 1ª divisão e fazer grande campanha na Copinha; no Hoffenheim onde foi considerado jogador revelação da Bundesliga; e no Liverpool.

(Roberto Firmino na Seleção Brasileira)

É necessário assistir a apenas um jogo dos Reds para perceber toda a importância de Firmino na formação tática da equipe. Além do seu excelente posicionamento ofensivo, Bobby não desempenha apenas essa função, mas também praticamente qualquer uma do meio-campo para frente, sendo fundamental com ou sem a bola (inclusive, cumpre bem a função de “falso 9”).

Podemos observá-lo jogando bastante livre pelo campo, onde costuma voltar para auxiliar defensivamente, também tendo muita velocidade e explosão muscular para explorar os contra-ataques, juntamente com visão de jogo e precisão de passes nas assistências e criações de jogadas, e claro, nas finalizações (chutes e cabeceios – contando com seus 1,81m de altura).

Leia mais: E se o Southampton não tivesse vendido seus jogadores?

(Bobby Firmino comemorando gol na Champions League em confronto contra Manchester City. Logo atrás, Mohamed Salah)

Pela Premier League, Firmino tem uma média por temporada de 13 gols, sete assistências, mais de 60% dos seus dribles bem sucedidos, 80% de eficácia no passe por jogo.

Bobby não é um artilheiro nato. Mas ao longo de toda a sua carreira e de muito trabalho, chegou à grande marca de mais de 120 gols.

E o bom desempenho de Bobby não para por aí. Ele atualmente soma participação em 22 gols nas duas últimas Champions, sendo 14 gols e 8 assistências, enquanto Messi tem 23 (18 gols e 5 assistências). Apenas Cristiano Ronaldo supera a dupla com 26 (21 gols e 5 assistências).

(Roberto Firmino em comemoração de gol pelo Liverpool)

Bobby Firmino representa, no atual momento, uma das contratações mais caras do Liverpool de todos os tempos (8ª), comprado do Hoffenheim por 41 milhões de euros, e seu valor está avaliado nesta temporada entre 80 e 88 milhões de euros, basicamente o dobro do seu valor de transferência.

É curioso pensar que um jogador de tanta qualidade, peça chave da formação tática do Liverpool na era Klopp, uma das estrelas do famoso trio de ataque dos vermelhos, juntamente com Mohamed Salah e Sadio Mané, nunca tenha ganhado títulos por onde passou. Será que isso muda na final da Champions?