Boavista – História, estatísticas e conquistas

Boavista – História, estatísticas e conquistas
Reprodução/BFC

O Boavista Futebol Clube é um time de Portugal, com 118 anos de muita história. Suas cores preta e branca são inconfundíveis no país, com títulos importantes dentro do território nacional.

A equipe tem mais de 30 mil sócios e defende suas partidas em seu campo, o Estádio do Bessa XXIII. Decerto, o estádio tem capacidade para 28 mil pessoas.

Portanto, o time foi fundado devido a mistura de jovens ingleses e portugueses. Confira:

Boavista Futebol Clube

Antes de mais nada, o Boavista nasceu de uma junção de jovens ingleses e portugueses, que moravam na cidade de Boavista, no Porto. O time, fundado em 1 de agosto de 1903, tinha um nome inglês. O The Boavista Footballers durou até 1910, quando os portugueses da cidade assumem o time e colocam o nome atual. Desde 1920, a equipe tem o estilo de uniforme atual, com diversas passagens importantes dentro futebol nacional. É o quarto maior vencedor do esporte no país.

Trajetória do Boavista, fundação, conquistas e ascensão

Em resumo, o Boavista Futebol Clube é um dos times do Campeonato Português, que pertence a cidade do Porto. A equipe é a quarta maior vencedora de Portugal.

Decerto, o time é muito vencedor dentro do país, com 1 Campeonato Português, na temporada 2000/01. Além deste troféu, o time tem mais 5 Taças de Portugal, 3 Taças Cândido de Oliveira e 2 Campeonatos Portugueses da 2ª divisão.

Mercado da Bola do Boavista

O Boavista já começou a se movimentar na janela. No mercado da bola, veremos quem chegará ao time e quem poderá sair também. Primeiramente, o time ainda não confirmou nenhuma contratação, mas tem algumas negociações perto do final positivo.

Por outro lado, o mercado da bola traz as saídas do time. Em confirmação, apenas o atacante Petr Musa foi vendido ao Benfica. Entretanto, os rumores de uma barca deixando o time é bastante real.

Rumores do Boavista FC

Decerto, os rumores param reforçar a equipe são grandes. O principal nome é o meia Salvador Agra, de 26 anos, do Tondela, além do goleiro Luiz Felipe, atualmente no Belenenses SAD. Portanto, no mercado da bola preto e branco, alguns nomes estão perto de reforçar a equipe.

Por outro lado, os rumores de saída são grandes. O atacante Hamache deverá deixar a equipe. O mercado da bola do time também traz que outros jogadores podem sair.

Mercado de Transferências do Boavista

Em suma, sendo um clube com uma história antiga, gloriosa e muito bonita, certamente o Boavista tiveram alguns jogadores e até treinadores que ajudaram a construir e continuar a bela história do clube. Dessa forma, separamos cinco nomes no mercado de transferências do clube, com o top 5 de contratações mais caras da história:

Petr Musa por £2 milhões vindo do Slavia Praga-REP

O primeiro no mercado de transferências, o atacante croata é o jogador mais caro da história da equipe. Entretanto, o jogador atuou um ano na equipe e foi vendido a Benfica nesta janela de verão. Foram 31 jogos, 12 gols e quatro assistências.

Reggie Cannon por £2.5 milhões vindo do Dallas-USA

Em suma, o jovem lateral americano chegou na temporada passada para a equipe xadrez e atuou em quase todos os jogos. Decerto, foram 23 participações no torneio nacional de 21/22, sem gols e sem assistências.

Nathan por £1,2 milhões do Vasco

O lateral brasileiro chegou ao time na temporada 2020/21 e é titular da equipe atualmente. São 34 jogos com um gol duas assistências. O jovem é um bom prospecto dentro do campeonato e já chama a atenção por lá.

Seba Pérez por £1 milhão vindo do Boca Juniors-ARG

Portanto, o colombiano chegou do time argentino, e jogou a última temporada pelos portugueses. O meia atuou em 30 dos 34 jogos do Campeonato Português, titular absoluto.

Foram 35 jogos no ano, com um gol e uma assistência.

Ricardo por £700 mil vindo do Mortijo-POR

Em suma, o histórico goleiro defendeu a equipe por oito temporadas. Ricardo foi um grande arqueiro, representando a seleção portuguesa na copa de 2006, e a EURO de 2004 e 2008. Foram 134 partidas à frente do time xadrez e um grande respeito da torcida.

 

Sou o Robert! Fiz jornalismo para vivenciar histórias, estar dentro dos fatos e o principal, ter acesso a verdade, sempre! O esporte sempre esteve na minha vida, e unir a escrita com o futebol seria é o ideal de vida. Escrevi para redação do jornal universitário além de atuar fortemente nas redes sociais com posicionamentos sobre cultura negra. Sujeito calmo com o objetivo de ganhar o mundo!
Artigo anteriorArouca – História, estatísticas e conquistas
Próximo artigoCasa Pia – História, estatísticas e conquistas