Benjamin Button do Tottenham? Son fica ‘um ano mais novo’ após mudança de lei coreana

5 minutos de leitura

Um dos destaques do Tottenham ficou um ano mais novo após ajustes na lei de seu país natal, na última quarta-feira (28). O atleta dos Spurs e outros jogadores do futebol europeu serão afetados com as mudanças na lei.

Nascido em julho de 1992, o atacante Heung-min Son tem 30 anos, mas de acordo com a legislação antiga da Coreia do Sul, tinha 31. O país asiático contava o período de gestação como tempo de vida. Ou seja, quando uma criança nascia, ela automaticamente já tinha um ano de idade.

Agora, um projeto de lei apresentado pelo presidente Yoon Suk Yeol foi aprovado e colocado em vigor. Desta maneira, a Coreia do Sul passará a adotar a contagem de idade comum para a maioria dos outros países do mundo e passará a contar o primeiro ano de vida completo de uma criança somente depois de seu primeiro aniversário em vida.

Como isso afeta o Tottenham?

A resposta é simples: de maneira nenhuma. Isso acontece porque na Inglaterra e em solo europeu, Son já era considerado com 30 anos, pela contagem feita a partir de seu nascimento em 1992. No registro do atleta na Premier League e nas outras competições, o clube só precisa fornecer a data de nascimento do atleta e não a idade do momento.

Heung-min Son defende o Tottenham desde 2015/16 e, ao lado de Harry Kane, é um dos maiores ídolos do atual elenco do Tottenham. Na última temporada, ele não conseguiu repetir o bom desempenho de outros anos e teve seu pior desempenho em números com a camisa do clube: 14 gols e seis assistências

O histórico do sul-coreano no geral, porém, é espetacular. Son teve protagonismo nos melhores momentos do Tottenham nos últimos anos, como a final da Champions League de 2019. Ao todo, ele marcou 145 gols em 372 jogos pelo time.

O craque do Tottenham chegou a receber sondagens da Arábia Saudita no mercado da bola, mas afastou os rumores e deve continuar em Londres na próxima temporada.

Son comemora gol do Tottenham contra o Manchester United - Foto: Paul Terry / Sportimage - Icon sport
Son comemora gol do Tottenham contra o Manchester United – Foto: Paul Terry / Sportimage – Icon sport

Outros atletas também ‘rejuvenescem’

A mudança da lei etária sul-coreana afetará toda a população e, automaticamente, todos os jogadores do país. Son é a principal estrela do futebol nacional, mas outros atletas têm ganhado espaço no Velho Continente.

Mercado: Manchester United define substituto de Maguire por mais de R$ 290 milhões
Kim Min-jae pelo Napoli – Foto: Twitter/Napoli

A melhor colocação da Coreia do Sul em Copas do Mundo foi o quarto lugar em 2002. No Mundial do Catar, o país asiático enfrentou o Brasil nas oitavas de final, mas acabou goleado por 4 a 1.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.