Ben White, do Arsenal, está ansioso para enfrentar Cristiano Ronaldo

Ben White - Arsenal
Foto: Reprodução/AMA/Matthew Ashton

O que pode ser um pesadelo para alguns defensores, é motivo de ansiedade e otimismo para o zagueiro Ben White. O jogador de apenas 22 anos foi questionado, em live na plataforma “Twitch“, qual era o atacante que mais estava ansioso em enfrentar e citou Cristiano Ronaldo.

“O atacante que estou mais ansioso por enfrentar? Provavelmente diria que será Ronaldo, sabe. Acho que vou me virar bem“, afirmou Ben White, sem medo de virar “meme”. Porém, o zagueiro do Arsenal ainda terá que esperar mais de um mês para enfrentar o gajo. Assim, os Gunners duelam contra o Manchester United apenas no dia 30 de novembro, no Old Trafford.

White veio ao Arsenal na última janela de transferências por incríveis 58 milhões de euros. O defensor, que já conta com passagem pela Seleção Inglesa, acumula 5 jogos na Premier League 2021/22 e em três desses jogos o time de Londres não sofreu gols. Inclusive, o jogador inglês perdeu apenas na estreia para o Brentford. Posteriormente, nas derrotas para Manchester City e Chelsea, o jovem zagueiro não esteve em campo.

Seguindo o retrospecto de CR7 contra o Arsenal, há motivo para Ben White temer?

De volta nesta janela de transferências, Cristiano ainda não jogou contra os Gunners na segunda passagem pelos Red Devils. Entretanto, entre 2003 até 2009, CR7 enfrentou o time londrino 15 vezes, com sete vitórias, quatro derrotas e quatro empates. Em gols, o português não brilhou muito. Foram seis tentos e mais duas assistências, média de 0,5 participações por jogo.

Porém, há dois momentos marcantes para Ronaldo neste confronto. Primeiramente, pela temporada 2004/05, o Manchester visitou o Arsenal no “finado” Highbury e superou os Gunners por 4 x 2 com dois gols do então jovem português, ainda não tão badalado. Cristiano, sempre marrento, em uma das comemorações fez sinal de silêncio à torcida adversária.

Na outra vez, já no último ano antes de CR7 se transferir para o Real Madrid, os Red Devils eliminaram o Arsenal na semifinal da UEFA Champions League 2008/09, com um 4 x 1 no agregado, sendo dois gols marcados pelo então melhor jogador do mundo.