‘Meu maior sonho’: Bellingham revela meta da carreira

2 minutos de leitura

Com apenas 19 anos, o meia Jude Bellingham iniciou mais um jogo como titular do meio-campo da seleção inglesa, vestindo a camisa 10, na vitória por 2 a 0 deste domingo (26) contra a Ucrânia, pelas Eliminatórias da Euro. O jovem já havia usado o número no jogo em que a Inglaterra venceu a Itália pela primeira vez no território italiano desde 1961, na última quinta-feira.

Leia mais:

Ao chamar a atenção não só pelo seu desempenho em campo como também pela personalidade dentro dele, Bellingham falou ao “Channel 4”, após o jogo, sobre a possibilidade de capitanear a Inglaterra algum dia. O meia confessou que esse seria seu maior sonho.

Ser o capitão do meu país é meu maior sonho e seria a maior honra no futebol. Tem uma longa fila de espera que eu respeito muito e eu vou esperar a minha vez. Enquanto isso, vou aprendendo com os atuais líderes. Esse é o melhor lugar para fazer isso“, disse Bellingham.

Quem usou a braçadeira de capitão na vitória diante da Ucrânia foi o agora maior artilheiro da história da Seleção, Harry Kane, que inclusive fez um dos gols — o outro foi de Bukayo Saka. Além do atacante do Tottenham, nomes como Maguire e Henderson, pela experiência, estão à frente de Bellingham na fila pela faixa de capitão.

Mesmo assim, é notável que essa seja a partida de número 192 do jogador de 19 anos como profissional, contando clubes e seleção. Isso o coloca, nesta idade, à frente de nomes como Wayne Rooney, Michael Owen e Raheem Sterling, três das maiores promessas inglesas das últimas décadas. Bellingham também já tem uma Copa do Mundo como titular no currículo. E ele só faz 20 anos em junho.

O meia também aproveitou para comentar a boa fase da Inglaterra, comandada por Gareth Southgate, que venceu as duas partidas realizadas no ano até aqui.

Sinto que temos uma ótima atmosfera no vestiário. Queremos nos expressar mas também temos um lado um pouco mais “maldoso”. Precisamos cobrir todos os lados do jogo e acho que estamos fazendo um trabalho muito bom no momento — defendeu Bellingham.

Bellingham deve ser o protagonista da próxima janela

Com tanto talento e potencial, o titular do Borussia Dortmund deve ser protagonista na próxima janela de transferências. Recentemente, a imprensa inglesa noticiou que o Manchester City foi o primeiro clube a iniciar negociações formais pelo meia inglês. Mas pular na frente não significa que a concorrência será fácil.

Bellingham é, hoje, o jogador mais valorizado do futebol mundial — 208,2 milhões de euros (aproximadamente R$ 1,2 bilhão), segundo o Observatório de Futebol do Centro Internacional de Estudos de Esporte (CIES Football Observatory) — e promete ser o protagonista da próxima janela de transferências. Ele já foi citado como alvo de Liverpool, Real Madrid, Manchester United e Chelsea.

Os Reds já foram apontados como o destino mais provável do jovem, uma vez que Klopp planeja tornar Bellingham o pilar da reconstrução do Liverpool a partir da próxima temporada. No entanto, o obstáculo financeiro é maior em Anfield, ainda mais com a vaga para a próxima Champions League ameaçada. Nesse sentido, os Citizens levam vantagem.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]