Além de Bellingham: os 6 jogadores ingleses da história do Real Madrid

3 minutos de leitura

Por conta da força financeira da Premier League, não é muito comum que jogadores ingleses migrem para outras ligas europeias. O meio-campista Jude Bellingham, contratado junto ao Borussia Dortmund, será o sexto jogador da história da Inglaterra a vestir a camisa do Real Madrid.

Apesar de curta, a lista é pesada e tem nomes conhecidos do futebol mundial. De Bola de Ouro até zagueiro flop, o Real Madrid já apostou em outros cinco ingleses e, agora, espera que Bellingham possa ser o atleta da Terra da Rainha com melhor passagem pelo Santiago Bernabéu.

1 – Laurie Cunningham

O primeiro inglês a vestir a camisa do Real Madrid talvez seja o menos conhecido da lista. Laurie Cunningham foi contratado pelo clube espanhol em 1979, após se destacar no West Bromwich. Sua passagem pelo gigante madridista foi positiva. Ele pertenceu ao time por cinco anos, fez 62 jogos, marcou 19 gols, venceu um Campeonato Espanhol e duas Copas do Rei.

O ponta-esquerda ainda defendeu as camisas de Manchester United, Olympique de Marseille, Rayo Vallecano e Sporting Gijón em sua carreira, além de ter sido convocado pela seleção inglesa. Ele foi um ícone importante na luta contra o racismo na Inglaterra.

2 – Steve McManaman

Em 1999/00, o Real Madrid teve a expertise para contratar McManaman, após o fim do contrato do jogador com o Liverpool. O inglês jogou no time espanhol até 2003 e foi um dos pilares da equipe no período.

McManaman fez 158 e 14 gols pelo Real Madrid, participando de conquistas importantes. Um dos tentos marcados pelo atleta com a camisa branca foi diante do Valencia, na final da Champions League de 2000. O clube se sagrou campeão com uma vitória por 3 a 0.

3 – David Beckham

Além de seu bom futebol e de cobranças de falta espetaculares, Beckham se notabilizou pelo personagem midiático, vaidoso e superstar que tinha fora das quatro linhas. Para o time de galáticos do Real Madrid, nada melhor que contar com a estrela. O clube pagou 37 milhões de euros em 2003/04 para tirar o meia do Manchester United, em uma transferências super comentada à época.

No entanto, a era dos galáticos não foi tão vencedora quanto midiática. Beckham terminou sua passagem pelos Merengues em 2007, com 159 jogos, 20 gols e apenas uma La Liga conquistada.

4 – Michael Owen

A Bola de Ouro conquistada por Michael Owen em 2001, com o Liverpool, seduziu o Real Madrid. O atacante inglês foi mais uma estrela na constelação galática no Santiago Bernabéu durante o começo dos anos 2000.

No entanto, a passagem foi mais curta que o esperado. Owen jogou apenas a temporada 2004/05 pelo Real Madrid e logo depois foi negociado com o Newcastle, por 25 milhões de euros.

5 – Jonathan Woodgate

Uma eterna promessa. Quando surgiu no Leeds United, Woodgate era considerado um dos jovens zagueiros mais talentosos do mundo. Não à toa o Real Madrid o contratou em 2004/05, após passagem pelo Newcastle.

Mas a passagem pelo gigante espanhol não saiu como o esperado. Lesões impediram o progresso de Woodgate com a camisa branca, e sua passagem durou dois anos, com 14 jogos e um gol marcado. Depois, o defensor defendeu Middlesbrough, Tottenham e Stoke City, mas sem atingir o sucesso esperado dos tempos de Leeds.

6 – Jude Bellingham, o novo galático do Real Madrid

O ex-Borussia Dortmund seguirá os passos de Michael Owen e David Beckham como uma contratação impactante do Real Madrid. O clube merengue desembolsou 103 milhões de euros (R$ 543 milhões) aos alemães para ter o meio-campista, a segunda maior compra da história madridista.

Aos 22 anos, Bellingham chega ao Real Madrid com a responsabilidade de se tornar um pilar do clube ao longo dos anos, além de se consolidar como um dos melhores jogadores do futebol mundial. Na Inglaterra, ele defendeu o Birmingham.

Real Madrid: o lucro absurdo do Borussia Dortmund com Jude Bellingham
Bellingham deixará o Borussia Dortmund rumo ao Real Madrid – Foto: Icon Sport
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.