Os ídolos de Bellingham foram carrascos do Arsenal e não são quem você imagina

3 minutos de leitura

Quando o assunto é idolatria, os jovens jogadores do futebol mundial na atualidade costumam falar de Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo e outros craques da última geração. Esse, porém, não é o caso de Jude Bellingham, grande destaque do Real Madrid na temporada. Com exceção de um nome, os ídolos do camisa 5 na infância passaram longe da prateleira de maiores astros do futebol mundial.

Em entrevista ao “L'Equipe”, Bellingham foi perguntado sobre quem fazia seu coração bater mais forte nos tempos de criança. O nome mais conhecido citado pelo inglês foi de Zidane, que se eternizou usando a camisa 5 do Real Madrid, hoje utilizada pelo meio-campista britânico. Wayne Rooney e Steven Gerrard também foram lembrados pelo “mini Jude” por conta da seleção inglesa.

No entanto, a admiração por Zizou veio ao longo do tempo, isso porque Bellingham tinham apenas três anos quando o francês se aposentou, em 2006. O astro madridista passou a admirar o ídolo pela influência de seu pai e também por conta do estilo de jogo da lenda.

 — Quando você cresce, você começa a assistir futebol. Meu pai tinha uma camisa falsa do Zidane que comprou na praia. Um dia perguntei a ele: ‘A propósito, quem é esse cara?' Ele respondeu: ‘Entra no YouTube e dá uma olhada'. Desde então, provavelmente não parei. Zidane era o jogador que eu queria ser. Tive a sorte de conhecê-lo durante a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Liverpool–, contou.

Ídolos de Bellingham fizeram história no Birmingham

Bellingham foi revelado pelo Birmingham, modesto time inglês que hoje disputa a Championship e é treinado por Rooney. No entanto, em um passado não tão distante, essa equipe era figurinha carimbada na Premier League e assustava em copas nacionais. Foi nesse contexto que o ex-time de Jude surpreendeu o Arsenal e foi campeão da Copa da Liga Inglesa, em 2011.

O episódio foi marcante para o pequeno Bellingham de 11 anos. Birmigham venceu por 2 a 1 e pôde levantar a taça em Wembley. Foi daí que surgiram três heróis de infância para o meio-campista do Real Madrid: Lee Bowyer, Craig Gardner e Sebastian Larsson.

— Admirei os jogadores do Birmingham, o time que venceu a Copa da Liga em Wembley. Meus heróis foram Sebastian Larsson, Craig Gardner e Lee Bowyer–, revelou.

Sebastian Larsson foi um meio-campista sueco revelado pelo Arsenal que defendeu o Birmingham entre 2006 e 2011, quando partiu para o Sunderland. Já Craig Gardner foi revelado pelo maior rival Aston Villa, mas teve duas passagens pela equipe azul e branca. Ele também atuava como meio-campista. Lee Bowyer atuou por diversos times médios da Inglaterra e defendeu o Birmingham de 2009 a 2011.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.