Beckenbauer se despede de Pelé: “eu perdi um amigo”

2 minutos de leitura

Ídolo do futebol alemão, Franz Beckenbauer prestou homenagens ao Pelé, lamentando a morte do amigo e ex-companheiro de equipe. As duas lendas do futebol mundial atuaram juntos no New York Cosmos em 1977.

Na última quinta-feira (29), no início da tarde, foi confirmada a morte de Edson Arantes do Nascimento, que estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para seguir os tratamentos de uma infecção respiratória e o câncer de cólon, mas não resistiu a batalha contra a doença.

Pelé é homenageado por Franz Beckenbauer

O mundo do futebol recebeu a triste notícia do falecimento do Rei Pelé. Desde a confirmação de sua morte, o ex-jogador vem recebendo diversas homenagens de celebridades, líderes políticos e atletas, que se despediram do ídolo.

O ex-jogador e técnico Franz Beckenbauer, ídolo e campeão mundial com a Alemanha em 1974, prestou homenagens ao Pelé, lamentando a morte do ex-companheiro de New York Cosmos e amigo.

O ex-jogador alemão e presidente de honra do Bayern de Munique utilizou as redes sociais para prestar as homenagens com uma mensagem especial. Na publicação, ele brinca com a cidade onde Pelé nasceu, em Três Corações, localizada em Minas Gerais, afirmando que o ex-jogador tinha um coração para o futebol, um para a família e um para os amigos.

Além disso, Beckenbauer enaltece Pelé, afirmando que ele é o maior da história do futebol e lamenta que perdeu um amigo. “Foi alguém que jogou com as estrelas e que, no entanto, manteve sempre os pés no chão”, publicou o ex-jogador alemão.

As duas lendas do futebol mundial foram companheiros de equipe, quando atuaram juntos defendendo as cores do Cosmos, equipe dos Estados Unidos. Na homenagem ao Rei, Beckenbauer relembra o momento e os motivos para assinar com o time. “Fui para os EUA em 1977 porque queria muito jogar em um time com Pelé no New York Cosmos. Esse tempo ao lado dele foi uma das maiores experiências da minha carreira. Ganhamos o campeonato americano na primeira tentativa e Pelé me chamou de irmão”, afirmou.

Por fim, Beckenbauer finaliza a homenagem afirmando que foi uma honra inimaginável jogar ao lado de Pelé e ser chamado de irmão. “O futebol sempre será seu, meu amigo! Você sempre permanecerá. Obrigado pelo teu jogo, O Rei!”, encerra a publicação.

Pelé recebe homenagens na Europa

Repetindo o gesto de Beckenbauer, nas redes sociais, jogadores do mundo inteiro lamentam a morte do Rei Pelé. Clubes e estádios da Europa também prestaram homenagens ao ídolo do futebol.

Alguns jogadores escreveram textos com homenagem ao Rei, como Mbappé, afirmando que o legado do brasileiro jamais será esquecido. Bem como Cristiano Ronaldo, que enfia os sentimentos para os familiares de Pelé. “Descanse em paz”, escreveu Messi.

Entre os ex-jogadores, Peter Crouch lamentou a morte do ex-jogador, que foi uma inspiração para todos. “Pelé é uma lenda do nosso esporte, um dos pioneiros”, disse Xavi em entrevista coletiva.

Algumas federações, como a La LigaPremier League Ligue 1, afirmaram que todos os jogos deste final de semana terá homenagens ao Pelé antes da bola rolar, com um minuto de silêncio. Bem como na Inglaterra, os jogadores irão utilizar uma faixa preta de luto no braço e o Wembley foi iluminado com as cores em verde e amarelo.

Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.