Presidente do Bayern explica por que negócio com Declan Rice deu errado

6 minutos de leitura

Declan Rice foi um dos jogadores mais badalados do mercado da bola na última janela de transferências. O meia de 24 anos foi alvo de gigantes clubes europeus, como Bayern de Munique, Manchester City e United, após vencer a Conference League com o West Ham na temporada passada, mas acabou fechando com o Arsenal por R$ 645 milhões, valor mais caro já investido em um jogador inglês.

Em entrevista ao “Frankfurter Allgemeine”, o presidente do Bayern de Munique, Herbert Hainer contou por que a negociação com Declan Rice fracassou.

— Dadas as nossas possibilidades financeiras, tivemos que definir outras prioridades. O que resta é o clube. Por isso é preciso tomar decisões no interesse do clube — declarou.

Declan Rice, hoje, é titular do Arsenal e se encaixou como uma luva no esquema de Mikel Arteta, sendo um meio-campista com várias funções. O meia, com a camisa vermelha, soma um gol em oito jogos, incluindo Community Shield, Premier League e Champions League.

Algumas semanas após o anúncio de Declan Rice no Arsenal, o Bayern de Munique contratou Harry Kane, ídolo do Tottenham, por R$ 538 milhões. O atacante chegou à Allianz Arena para ajudar o clube a vencer a Champions League novamente, após quase quatro anos.

— Muitos grandes clubes gastam muito mais dinheiro do que nós, mas ainda não conseguiram vencer a Champions League. É claro que o dinheiro torna algumas coisas mais fáceis, mas há mais do que isso Se você for bom e inteligente o suficiente, poderá ganhar a Liga dos Campeões com menos dinheiro – e é isso que queremos. Em geral, porém, temos que dizer que a Bundesliga tem que garantir que não se afastará internacionalmente. O futebol de ponta precisa de clubes de ponta. Sem clubes de ponta, a liga logo desapareceria do radar — disse Hainer.

Contratações do Bayern de Munique para a Champions League

Na última janela, além de Harry Kane, o Bayern de Munique contratou Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund), Konrad Laimer (RB Leipzig), Kim Min-jae (Napoli) e Daniel Peretz (Maccabi Tel Aviv), totalizando em 260 milhões de euros (R$ 1,378 bilhão). Para a posição de Declan Rice, o técnico Thomas Tuchel tem como opções:

  • Konrad Laimer
  • Leon Goretzka
  • Joshua Kimmich
  • Jamal Musiala

— Acreditamos que temos um plantel forte com jogadores de qualidade. Embora no final estivéssemos prontos para contratar um jogador como João Palhinha (Fulham). Mas isso só foi depois de termos criado os meios financeiros com a venda de Ryan Gravenberch Para nós, um atacante foi a contratação mais importante do verão passado. Mas não é segredo que o nosso treinador gostaria de ter outro jogador no meio-campo defensivo — afirmou o presidente do Bayern de Munique.

O Bayern de Munique estreou com uma vitória suada na estreia da Champions League. O clube bávaro venceu o Manchester United por 4 a 3 na Allianz Arena no último dia 20, o que o colocou na liderança do grupo A, que também conta com o Copenhague e o Galatasaray. A próxima partida dos Bávaros na principal competição de clubes do mundo será no próximo dia 3 de outubro, às 16h (horário de Brasília), no estádio Parken.

Mas antes de voltar as atenções para a Champions League, o Bayern de Munique joga na manhã deste sábado (30), contra o RB Leipzig, que jogou água no chope dos Bávaros no primeiro jogo da temporada, vencendo a equipe de Thomas Tuchel por 3 a 0 na Supercopa da Alemanha, na estreia de Harry Kane, em pleno Allianz Arena. O reencontro está marcado para as 13h30 (horário de Brasília), na Red Bull Arena Leipzig, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Alemão.

RB Leipzig
30/09/23 - 13:30

Finalizado

2

-

2

Bayern Munich

RB Leipzig - Bayern Munich

Germany Bundesliga I - Red Bull Arena

6° Turno

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.