Bartra e Real Betis não chegam a acordo e zagueiro pode estar de saída

De acordo com informações do Diário ‘AS’, a renovação do contrato de Marc Bartra com o Real Betis não se concretizou. Neste ínterim, a equipe andaluz propôs a renovação para mais duas temporadas, com redução de 20% do salário do defensor. Portanto, o contrato do ex-Barça encerra em junho de 2023, e caso a renovação não se cumpra, Bartra pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe. 

A chegada de Luiz Felipe é fator importante para a possível saída de Bartra 

Antes de mais nada, a chegada do zagueiro Luiz Felipe para o Real Betis é uma possível ameaça na disputa da vaga na defesa da equipe. Portanto, ao que tudo indica, Bartra perderia espaço no time de Manuel Pellegrini.  

Diretoria do Real Betis fala diretamente com Bartra

Neste ínterim, segundo informações do ‘AS’, o diretor esportivo do Real Betis, Antonio Córdon, enviou mensagem para os representantes do defensor, propondo um novo contrato. Com isso, o dirigente da equipe disse à imprensa: 

“A situação é que esta semana esteve um pouco lesionado, mas a nível contratual termina e queremos que continue e veremos se chega acordo ou não. O valor do Betis é importante e não é só que o clube quer um jogador, mas que os jogadores querem estar no Betis. É algo muito importante hoje em dia para qualquer jogador”.

Bartra conversa sobre renovação desde a temporada 2021/22 

Primeiramente, em partida contra o Real Madrid em abril, a imprensa espanhola já questionava sobre a renovação do Bartra com o Real Betis. Logo, em entrevista ao ‘AS’, o defensor contou que aguardava a renovação de forma amigável.

“Estou muito feliz no Bétis. Desde que cheguei, vi de dentro o processo de um clube em que costumava ser muito difícil estar na Europa e agora é o segundo consecutivo. Espero que tudo corra bem . Se terminar com uma renovação, estou muito feliz aqui” .

Trajetória de Marc Bartra no Real Betis 

No mais, Marc Bartra, até então, disputou 146 partidas com a camisa verdiblanca. A saber, desde 2018, o zagueiro não se firmou na defesa do clube. Portanto, esteve presente no título da Copa do Rey da temporada 2021/22.