Barcelona mostra interesse em brasileiro

Barcelona mostra interesse em brasileiro
Foto: Divulgação/ FC Basel 1893

O time do Barcelona mostra interesse em Arthur Cabral. Em resumo, nesta semana, alguns jornais da Espanha apontaram o brasileiro como um bom nome para o clube. O atacante joga no Basel, da Suíça e tem 23 anos.

Barcelona busca reforçar o ataque

Antes de mais nada, ainda na pré-temporada, o Barça emprestou Griezmann para o Atlético de Madrid. Dessa maneira, com o aval de Ronald Koeman, o time contratou de Jong. Entretanto, o holandês não recebeu muitas oportunidades. Além disso, o Barcelona tentou devolver o atacante para o Sevilla. Contudo, a equipe recusou.

Então, com Sergio Agüero tendo uma possível aposentadoria, e Martin Braithwaite lesionado, o clube não possui um centroavante de origem. Atualmente, Memphis está fazendo essa função. Todavia, o jogador é melhor na função de falso nove, mais fora da área.

Dessa maneira, o Barcelona busca um nome barato e bom para Xavi. Arthur Cabral, que defende as cores do Basel, da Suíça, apareceu na mídia como um possível atleta para o Barça. Segundo alguns jornalistas, o presidente Laporta teria iniciado uma conversa com Rot-Blau para contar com o centroavante brasileiro.

Bom nome para a equipe

Em resumo, Arthur disputou 99 jogos, marcou 61 gols e deu 19 assistências. Ou seja, participou diretamente de 80 gols na equipe do Basel. Atualmente, o valor de mercado do brasileiro é de 15 milhões de euros. Por fim, possui contrato até junho de 2023.

Em contrapartida, o Barcelona deve gastar no máximo 10 milhões na janela de janeiro. Afinal, com a demissão de Ronald Koeman, o clube teve que pagar a multa na rescisão do contrato.

Com um nove de oficio no ataque, o clube pode buscar mais opções dentro da partidas. Cruzamentos na área, jogadas de velocidade, ou jogando no estilo de Xavi, que é o de ter a posse da bola e se movimentar em diversos setores do campo.

Por fim, com de Jong, Nico, Gavi e Pedri, que jogam no meio de campo, Xavi pode optar por um centroavante de origem e ter um jogador perto do gol adversário.