Lewandowski decide, Raphinha aparece, e Barcelona é campeão espanhol após 4 anos

2 minutos de leitura

Espanyol
14/05/23 - 16:00

Finalizado

2

-

4

Barcelona

Espanyol - Barcelona

Spain Primera Liga - RCDE Stadium

O Barcelona é campeão espanhol depois de quatro anos. O time culé venceu o Espanyol no final da tarde deste domingo (14), no Cornellà-El Prat, por 4 a 2 e conquistou o título de La Liga com quatro rodadas de antecedência. Robert Lewandowski (duas vezes), Alejandro Balde e Koundé marcaram para o time blaugrana. Javi Puado e Joselu descontaram para os donos da casa. Raphinha deu uma assistência para o último gol do Barça, marcado pelo artilheiro polonês

Assistência de Raphinha

Aos 39 minutos de jogo, Raphinha fez uma jogada, indo até a linha de fundo e passando a bola para Robert Lewandowski empurrar para o gol. Foi a nona assistência do brasileiro na temporada, sete delas foram dadas no Campeonato Espanhol.

Os ataques do Barcelona foram muito direcionados ao lado direito do campo, onde Raphinha atua, porém o brasileiro não teve uma atuação brilhante. Finalizou apenas uma vez durante todo o jogo e a bola foi para fora.

Especulado em dois times da Premier League, Raphinha mostra em 2023 que é um dos jogadores mais importantes do Barcelona. Líder em assistências do time, ele também é o vice-artilheiro da equipe comandada por Xavi Hernández, com oito gols. Veja mais números do brasileiro pelo Barça no Campeonato Espanhol:

  • 1º em grandes chances criadas: 14
  • 2º em gols esperado (xG): 6
  • 2º em finalizações, com uma média de 2,2 chutes por partida
  • 3º em finalizações certas, com uma média de 0,7 chutes certos por partida

Este é o primeiro título de alguma liga de Raphinha, que conquistou a Supercopa da Espanha no início desta temporada. No Sporting, o brasileiro conquistou apenas competições eliminatórias: Taça de Portugal e Taça da Liga, ambas em 2018-19. Em 2022-23, o atacante fez 41 jogos pelo Barcelona, se tornando um titular absoluto na equipe comandada pelo técnico Xavi Hernández.

Título especial para Busquets

São muitas as histórias presentes na conquista do título espanhol pelo Barcelona, o primeiro de Xavi Hernández como treinador do clube. Mas uma ainda mais curiosa é a de Sergio Busquets, que anunciou sua saída do time culé no final da temporada.

O volante de 34 anos, revelado pelas categorias de base do Barcelona, é um dos grandes ídolos do clube. Este é o nono título de Campeonato Espanhol de Busquets, o sexto conquistado junto de Xavi, porém é a primeira vez que se torna campeão do país tendo seu companheiro de time como comandante.

Busquets também foi campeão da Copa do Rei por sete vezes, da Supercopa da Espanha sete, da Champions League, Supercopa da Uefa e Mundial de Clubes três vezes cada. Com a seleção espanhola, o volante conquistou a Copa do Mundo de 2010 e Eurocopa de 2012, ambos ao lado de Xavi Hernández.

Campeão, afundando o rival

Além de tudo isso, a vitória do Barcelona afundou o rival local, Espanyol, na zona de rebaixamento. Os Periquitos estão na vice-lanterna do Campeonato Espanhol, com 31 pontos, a quatro do Real Valladolid, primeiro time fora do Z3 na competição.

Na próxima rodada, o Espanyol visita o Rayo Valecano (11º), na manhã de domingo (21), às 9h (horário de Brasília), no Campo de Vallecas. Já o Barcelona recebe o Real Sociedad na tarde de sábado (20), às 16h (horário de Brasília), no Camp Nou. Será o jogo em que o os jogadores do Barça poderão erguer a taça de campeão diante do seu torcedor.

Torcida ataca jogadores do Barcelona

No momento em que os jogadores do Barcelona comemoravam o 27º título de Campeonato Espanhol, torcedores do Espanyol invadiram o gramado do Cornellà-El Prat e atacaram os atletas do time campeão.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.